rádio piauí

Maria Vai Com as Outras #2: Empurrãozinho

Uma cientista política que fundou um movimento para mulheres na política e uma estudante de engenharia que organizou uma torcida feminina de futebol contam como foi preciso organizar grupos e movimentos para verem realizados seus desejos pessoais e profissionais

02mar2020_05h00
Larissa Botelho e Karin Vervuurt, pelo traço de Caio Borges
Larissa Botelho e Karin Vervuurt, pelo traço de Caio Borges

ra uma vez um homem que quis fazer algo da vida. Então ele saiu de casa e tentou…” Qualquer que seja o fim de uma história com esse início,  o percurso de um homem parece sempre menor e mais simples do que o de uma mulher. Tenha ele tentando realizar uma empreitada, tirar do papel um projeto ou bater uma meta, as experiências mostram que eles se bastam, mas a mulheres precisam se organizar em grupos, coletivos, movimentos – assim como fizeram as duas entrevistadas do segundo episódio desta temporada do ‘Maria Vai Com as Outras’.

A brasiliense Karin Vervuurt está à frente do #ElasNoPoder, que realiza pesquisas e ajuda na formação de mulheres para a disputa de cargos de liderança dentro e fora da política. E a paulista Larissa Botelho é uma das integrantes do VerDonnas, um grupo de torcedoras do Palmeiras que acompanha os jogos do time.

Bloco 1 (01:53)
Karin Vervuurt é mestre em ciência política e atua como pesquisadora nas áreas de psicologia política, comportamento eleitoral e opinião pública. E ela faz isso numa empresa da qual é sócia, desenvolvendo pesquisas de opinião pública, eleitorais e de mercado, e na ONG  #ElasNoPoder, que presta consultoria estratégica para campanhas eleitorais femininas e forma lideranças. Depois de ver que seus conhecimentos e sua experiência serviam quase que exclusivamente ao trabalho de homens, ela se juntou a outras mulheres para trabalhar na mudança desse horizonte.

Bloco 2 (17:35)
A jovem Larissa Botelho trabalha no setor de tecnologia da informação durante o dia e à noite estuda engenharia. Mas em dias de jogos dos campeonatos estadual e brasileiro, Larissa ainda dá um jeito de torcer pela vitória do Palmeiras. E, quando possível, faz isso da arquibancada do estádio. Possível não por causa do time, mas por causa dos próprios torcedores homens. Para evitar situações de violência verbal e ameaças de violência física, ela ajudou a criar o VerDonnas, movimento de torcedoras mulheres que se programa para assistirem juntas e em segurança ao time do coração.



> Links citados no episódio:

Conheça o site do #ElasNoPoder e veja mais sobre a ONG.

Saiba mais sobre a empresa de consultoria da Karin.

Acesse os perfis do VerDonnas no Facebook e no Instagram.

Para ouvir outros episódios, vá até a página do Maria.

*

Siga o Maria nas redes. Temos um perfil no Instagram e no Twitter, além de um grupo fechado para ouvintes no Facebook. Se quiser escrever para a produção do programa, mande um e-mail para: mariavaicomasoutras@revistapiaui.com.br.

O podcast é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí.

Ficha técnica:
Apresentação: Branca Vianna
Coordenação geral: Paula Scarpin
Produção: Mari Faria
Edição: Claudia Holanda
Finalização e mixagem: João Jabace
Redes sociais: Ana Beatriz Ribeiro
Vídeos: Desiré Taconi
Coordenação digital: Kellen Moraes
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Yasmin Santos
Engenheiro de som: Danny Dee
Gravado no Estúdio Rastro

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Praia dos Ossos: segundo episódio já está disponível

Podcast original da Rádio Novelo é publicado aos sábados

Foro de Teresina #118: O presidente no meio do fogo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #117: A inflação de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #116: Bolsonaro e as vacinas

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #115: Um presidente chapa quente

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #114: A Bolso Família

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #113: Bolsonaro fura o teto

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #112: A metamorfose de Bolsonaro

podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #111: A república rachada de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana...

Foro de Teresina #110: Bolsonaro e o partido da boquinha

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos
1

R$ 0,46 no tanque dos outros

Agora, caminhoneiros grevistas usam WhatsApp para defender queda da gasolina, de Temer e da democracia

2

A vida e a morte de uma voz inconformada

Os últimos momentos de Marielle Franco, a vereadora do PSOL executada no meio da rua no Rio de Janeiro sob intervenção

4

Ray Kurzweil e o mundo que nos espera

Uma entrevista com o inventor e futurólogo americano

5

Qu4tro figuras (e mais 2)

Agora só tem o Homem de Ferro em Blu-ray, a privada virou "poltrono", a moça penteia o bigode e Stálin está no armário

6

Juízes vão ganhar auxílio-greve

“Você já viu o preço de um megafone hoje em dia? Sabe quanto custa mandar fazer faixas, camiseta, alugar carro de som?” Com essas palavras o ministro Luiz Fux justificou a aprovação do auxílio-greve para juízes federais que farão parte da mobilização que tenta barrar o fim do auxílio-moradia aos magistrados

7

Pero sin perder la broma

A revista que inferniza a monarquia espanhola se adapta aos tempos de crise

10

Chiclete com Banana adere à gourmetização e muda nome para Shitake com Macadâmia

AMARALINA - Em reformulação desde a saída do vocalista Bell Marques, o grupo Chiclete com Banana resolveu dar uma guinada radical para se adequar aos novos tempos. "Se você é diferenciado / Vem dançar ao som do berimbau goumertizado / Se Caetano estacionou o carro no Leblon / Eu brindo a vida com Paleta e Chandon", cantarolou o novo vocalista da banda, João Doria Junior.