rádio piauí

Maria Vai Com as Outras #4: Gênero, número e raça

Empresária do ramo da beleza e uma doutora em psicologia explicam como as grandes empresas veem, recebem e remuneram a mulher negra

30set2019_05h00
As convidadas Cida Bento e Rosane Terragno, pelo traço do ilustrador Caio Borges
As convidadas Cida Bento e Rosane Terragno, pelo traço do ilustrador Caio Borges

D e acordo com o último censo do IBGE, 51% da população brasileira se declara negra ou parda – um cálculo que não parece ter entrado no radar das grandes empresas, especialmente quando se fala da mulher negra. Não à toa, Rosane Terragno, empresária gaúcha do ramo da beleza, afirma que as negras parecem “invisíveis” aos olhos dos grandes nomes dos cosméticos que ela contacta para distribuir os cosméticos da marca que criou, cujo carro-chefe está nos tons de base para a pele negra. Por isso, Cida Bento, paulista, doutora em psicologia e fundadora do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Diversidade, fala com Branca Vianna sobre esse tal filtro da invisibilidade que recai sobre essa parcela da população. 

Bloco 1
Rosane Terragno é empresária, dona da loja de produtos de beleza online Território da Beleza Poa e da marca de maquiagem Divas Bllack. Seus produtos foram criados para cuidar e embelezar as muitas variações da pele negra das brasileiras, uma vez que os artigos de beleza vindos dos Estados Unidos, formulados para mulheres de tipos diferentes, não conseguem o efeito que prometem pelas bandas de cá. Falando assim, parece óbvio que exista uma marca como essa, mas Rosane garante que grandes empresas ainda sustentam o argumento de que no Brasil não existe cliente, mulher, negra, interessada nesse universo e com dinheiro para gastar.

Bloco 2
Cida Bento é psicóloga social, fundadora do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Diversidade e foi apontada recentemente pela revista The Economist como uma das cinquenta pessoas mais influentes do mundo no assunto diversidade. Criada na Zona Norte de São Paulo, com oito irmãos, filha de um motorista e de uma servente, se tornou executiva de RH numa empresa, e deixou o cargo quando constatou que as mulheres negras eram sempre preteridas nas contratações. Hoje, depois de estudar muito como funciona a discriminação racial dentro das corporações, ela é chamada por empresas para criar planos de ação para que essas companhias mudem seus quadros e se tornem mais diversas.

Citações no episódio: 



Aqui os tons de base para peles negras da Divas Bllack.

O canal Coisas de uma Chacheada, de Gill Viana, blogueira que Rosana cita na entrevista. 

*

Novos episódios do podcast são publicados quinzenalmente, às segundas, a partir das 5h, em todos os aplicativos de podcasts e aqui no site da piauí.

Para ouvir programas anteriores, acesse a página do Maria.

Siga o Maria nas redes. Temos um perfil no Instagram e no Twitter, além de um grupo fechado para ouvintes no Facebook. Se quiser escrever para a produção do programa, mande um e-mail para: mariavaicomasoutras@revistapiaui.com.br.

O podcast é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí.

*

Ouça o episódio bônus, uma entrevista com a atriz Zahy Guajajara. Ela fala das oportunidades que teve na profissão por ser índia e reconhece o risco de, pelo mesmo motivo, ser estigmatizada.

Ficha técnica:
Apresentação: Branca Vianna
Direção: Paula Scarpin
Produção: Mari Faria
Edição: Mari Romano
Finalização e mixagem: João Jabace
Redes sociais: Ana Beatriz Ribeiro
Vídeos: Desiré Taconi
Coordenação digital: Kellen Moraes
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Luigi Mazza, Yasmin Santos, Júlia Sena e Ana Carolina Santos
Engenheiro de som: Danny Dee
Gravado no Estúdio Rastro

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #129: O Brasil na rabeira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Dose errada é a certa?

AstraZeneca diz que dose menor de sua vacina contra o Sars-CoV-2 aumentou, sem querer, eficácia...

Foro ao vivo no 2º turno: o que concluir das eleições

Podcast de política da piauí fez um balanço do resultado das eleições municipais; a...

Marcadores do destino

Marcadores presentes no sangue podem aumentar ou diminuir os riscos do paciente infectado pela Covid-19...

Foro de Teresina #128: As urnas, o racismo e o vírus

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Sobra eficácia, faltam vacinas

Vacinas da Moderna e da Pfizer contra Sars-CoV-2 protegem 95 em cada 100 imunizados, mas...

Foro de Teresina #127: Maré alta contra Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro ao vivo no 1º turno: veja como foi a transmissão

Programa transmitido no domingo de eleição está disponível no YouTube, na íntegra; análise sobre...

Foro de Teresina #126: Saliva e pólvora contra a vacina

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #125: As urnas contra Trump e Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos
4

Sem polícia à vista, mulheres velam Marielle

A PM ficou longe dos protestos contra o assassinato da vereadora do PSOL no Rio; cortejo fúnebre foi liderado por cordão de mulheres negras

5

Alien na Terra do Nunca

O documentário nos revela sem querer as metamorfoses provocadas pelo grau máximo da celebridade; como vai sendo empurrado em direção a uma atmosfera mental incapaz de sustentar vida humana.

6

Pedido de prisão contra Aécio é analisado nesta terça por seu fã-clube

O plenário do Supremo Tribunal Federal amanheceu engalanado nesta terça-feira. Bexigas azuis e amarelas cheias de hélio flutuavam por todo o salão; e chapeuzinhos cônicos de papelão foram cuidadosamente postos sobre cada uma das cadeiras do público.

7

Manequinho é autuado pelo Choque de Ordem

BOTAFOGO - O torcedor-símbolo do Botafogo foi autuado ontem por urinar em via pública durante a passagem de um bloco de carnaval nas cercanias de General Severiano, a sede do clube. "Não abrimos exceção para ninguém”, avisou o prefeito Eduardo Paes, um vascaíno convicto. “Pode ser mascote, ter padrinho importante e tudo mais. Ninguém está acima da lei, exceto o nosso amado governador e a nossa querida presidenta, além de Lula e Eike Batista, é claro".

8

Ivan Lessa, coitado

piauí pranteia e, de boina na mão, reverencia o seu insigne colaborador de primeira hora

9

Foi apertado

Onyx derrota Renan, mas margem de dois votos mostra maioria frágil do governo no Senado

10

No alvo

Anamaria Camargo, as mutações genéticas e as novas estratégias de combate ao câncer