anais da moda

Bafo em Paris

O caminho do jovem estilista brasileiro Pedro Lourenço rumo ao reconhecimento internacional

Daniela Pinheiro
“A brasileira quer roupa que mostre o peito com silicone, a barriga malhada. Ela só gasta dinheiro em vestido de casamento. E tem que ser 

tomara que caia e comprido”, disse Lourenço
“A brasileira quer roupa que mostre o peito com silicone, a barriga malhada. Ela só gasta dinheiro em vestido de casamento. E tem que ser tomara que caia e comprido”, disse Lourenço FOTO: EGBERTO NOGUEIRA / ÍMÃ FOTOGALERIA_2013

Em março, nas rodas mais animadas de Paris, só se falava da fuga de Gérard Depardieu para a Bélgica atrás de impostos mais camaradas, das almôndegas de cavalo vendidas como carne de boi na Ikea e dos desfiles da Semana de Moda da capital francesa, considerada a mais importante do mundo. O estilista Pedro Lourenço – o mais jovem e único brasileiro a desfilar no prêt-à-porter parisiense nos últimos anos – estava na cidade para mostrar sua coleção outono-inverno 2014.

Faltando pouco para as dez da manhã, podia ser visto de pernas cruzadas em uma cadeira Luís XV, forrada de tecido azul-bebê. Lourenço, a cadeira e o tecido se encontravam no hotel Le Bristol, localizado na rua Faubourg Saint-Honoré, onde hordas de todos os sexos e idades formam fila para detonar ienes, yuans, dólares, petrodólares, rúpias, rublos, euros e reais em lojas como Christian Louboutin e Chanel.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Daniela Pinheiro

Daniela Pinheiro foi jornalista da piauí entre 2007 e 2017

Leia também

Últimas Mais Lidas

Um bicheiro no centro do poder

A rede de assassinatos, amizades e dinheiro que cerca Jamil Name no Mato Grosso do Sul

Seis conclusões sobre o modelo do mundo sem a Amazônia 

O preço que o Brasil e o mundo pagarão caso a floresta continue a ser derrubada para dar lugar à pecuária

O mundo sem a Amazônia

Modelo climático prevê efeitos da conversão da floresta em pasto: diminuição de 25% das chuvas no Brasil e aumento da temperatura, com prejuízo "catastrófico" para agricultura e produção de energia

Foro de Teresina #73: Autofagia no governo, crise na oposição e o óleo nas praias do Nordeste

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Domingo – um dia especial

Filme paga preço alto ao ser lançado agora, quando expectativa de “nova era” se mostrou ilusória

O novo Posto Ipiranga

Ex-capitão do Exército transformado em ministro da Infraestrutura cresce no Twitter e na agenda positiva do governo Bolsonaro 

Brasil mais longe da Europa

“Efeito Bolsonaro” afasta turistas europeus e prejudica negócios

Maria Vai Com as Outras #5: Crime e castigo contra a mulher

Uma socióloga e uma defensora pública falam dos efeitos que a violência tem na vida profissional das mulheres

Mitificação de Eduardo, demonização da esquerda

Em evento bolsonarista, filho do presidente e ministros apresentam rivais como mal radical, em sintoma da deterioração democrática no país

Mais textos
1

Brasil mais longe da Europa

“Efeito Bolsonaro” afasta turistas europeus e prejudica negócios

2

Fala grossa e salto fino

As façanhas de Joice Hasselmann, do rádio ao Congresso

3

Mitificação de Eduardo, demonização da esquerda

Em evento bolsonarista, filho do presidente e ministros apresentam rivais como mal radical, em sintoma da deterioração democrática no país

5

O novo Posto Ipiranga

Ex-capitão do Exército transformado em ministro da Infraestrutura cresce no Twitter e na agenda positiva do governo Bolsonaro 

7

Entre a cruz e a motosserra

Na Amazônia profunda, missionária católica enfrenta a falta de padres, os pastores evangélicos e o desmatamento, enquanto papa faz Sínodo sobre a região

8

Moro em queda livre

Ministro e seu pacote anticrime perdem espaço no governo, no TCU e no Twitter

9

Letra preta

Os negros na imprensa brasileira

10

A volta do concurso literário mensal da piauí

Além da frase “Eduardo, meu filho, esse hambúrguer é orgânico?” o texto de outubro deve ter o seguinte ingrediente improvável: 'Oswaldo Montenegro'