educação sexual

Boa noite, Cinderela

Era a primeira vez que eu ouvia falar da pílula do dia seguinte*

Margarita García Robayo
As versões eram incompletas: tudo o que se sabia era que a garota apareceu jogada na porta de casa, espancada e estuprada. Os exames 

detectaram em seu corpo o sêmen de sete homens
As versões eram incompletas: tudo o que se sabia era que a garota apareceu jogada na porta de casa, espancada e estuprada. Os exames detectaram em seu corpo o sêmen de sete homens ILUSTRAÇÃO: VÂNIA MIGNONE_2016

Eu não gostava do padre Tiago porque ele roçava o polegar na língua da gente quando dava a hóstia. Ou seja, além do corpo de Cristo, você acabava engolindo a saliva de todo mundo que tinha comungado antes. Ainda bem que a missa dele era a última da sexta-feira, e dava para correr direto para casa e fazer gargarejos com água sanitária. Padre Tiago não atendia direto na capela, ele só aparecia em ocasiões especiais. E aquela era uma ocasião especial, porque estávamos quase terminando o último ano e, embora ele fosse rezar a missa da formatura, aquela seria a última no colégio.

Depois da missa, a diretora foi à nossa classe. Pensamos que fosse fazer um daqueles sermões sobre o que nos esperava lá fora, no mundo real, onde deveríamos ter sempre bem claro que não passávamos de um instrumento de Deus, Nosso Senhor: “Barro em suas mãos”, dizia, entrecerrando os olhos como que ofuscada por uma luz muito forte. Tudo o que nos acontecia, de bom ou de mau, fazia parte do plano que Ele tinha para nós. “Então, para que a gente levanta da cama?”, tinha perguntado Marcela dias atrás, mortificada pela ideia de ser uma marionete – estranho mesmo era ela ter feito essa descoberta só agora, depois de quinze anos de educação católica. A diretora respondeu: “Para fazer a vontade d’Ele.”

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Margarita García Robayo

É escritora colombiana radicada em Buenos Aires, autora de Usted Está Aquí, publicado pela Montacerdos

Leia também

Últimas Mais Lidas

Maria Vai Com as Outras #3: Quero ser mãe, não quero ser mãe

Uma editora e uma advogada e escritora falam sobre os desdobramentos na vida de uma mulher quando ela decide ter ou não ter filhos

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

Passarinho vira radar de poluição

Pesquisadores usam sangue de pardais para medir estrago de fumaça de carros e caminhões em seres vivos

Foro de Teresina #68: Censura na Bienal, segredos da Lava Jato e um retrato da violência brasileira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

O maestro e sua orquestra – andamento lento e músicos desafinados

Governo se julga no direito de “filtrar” projetos incentivados com verba pública, mas filtrar é eufemismo para censurar

Quando a violência vem de quem deveria proteger

Quatro meninas são estupradas por hora, a maior parte dentro de casa, e 17 pessoas são mortas pela polícia por dia, revelam dados do Anuário de Segurança Pública

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

Mais textos
1

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

2

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

3

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

4

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

6

A guerra contra o termômetro

Quando chegam más notícias sobre o desmatamento, os governos atacam o emissário

9

Bacurau – celebração da barbárie

Filme exalta de modo inquietante parceria entre povo desassistido e bandidos

10

Sem SUS, sem saída, sem vida

Sem dinheiro para pagar dívidas médicas nos Estados Unidos, idoso mata mulher e se suicida; tragédia amplia debate sobre acesso a sistema público de saúde