questões musicais

Carbonos do pop

Falsos gringos e indústria cover no lado B da canção brasileira

André Barcinski
A banda Os Carbonos era especialista em <i>covers</i> perfeitos de sucessos internacionais; em 1980, gravaram pela Continental um LP com músicas da novela <i>Água Viva</i> e surpreenderam os executivos da concorrente Som Livre, da Globo
A banda Os Carbonos era especialista em covers perfeitos de sucessos internacionais; em 1980, gravaram pela Continental um LP com músicas da novela Água Viva e surpreenderam os executivos da concorrente Som Livre, da Globo FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Em uma manhã de novembro de 1975, Guto Graça Mello, um jovem de 27 anos, recebeu um telefonema na sede da gravadora Som Livre, da qual era diretor: “Guto? Preciso falar com você, urgente! Larga o que estiver fazendo aí e vem pra cá agora!” A ordem era de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, todo-poderoso da Globo.

Boni precisava resolver um problema sério: não aprovara a trilha sonora que um produtor havia feito para a novela Pecado Capital, que estava prestes a estrear, e tinha quatro dias para preparar uma nova. Guto disse que a única maneira de conseguir isso em tão pouco tempo seria fazer uma coleta nas gravadoras e escolher as melhores músicas de cada uma. Boni concordou, mas fez uma exigência: o tema de abertura teria de ser inédito. Guto pediu socorro a Paulinho da Viola: “Fui à casa do Paulinho e ele compôs Pecado Capital (“Dinheiro na mão é vendaval…”) ali, na minha frente, em menos de duas horas. Foi uma coisa assombrosa.”

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES

André Barcinski

André Barcinski é jornalista. Atualmente é colunista do portal R7, colaborador da Folha de S. Paulo e diretor de programas no Canal Brasil.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Aldeias na mira do tráfico

Assassinatos de dois adolescentes indígenas, mortos com sinais de tortura no Acre, alertam para  o avanço de facções criminosas em territórios protegidos 

Sonhos de Patrício Guzmán e Jorgen Leth

Quanto tempo levaremos para nos recuperar após tudo isso?

Invasão de privacidade chancelada por lei

Professor da USP defende alteração na Lei de Proteção de Dados para que Estado brasileiro não seja autorizado a compartilhar em massa informações dos cidadãos

Brasil de costas para a ciência

Pesquisa inédita realizada em vinte países mostra que brasileiros são os que menos acreditam em seus cientistas

Os desvios da intervenção militar

TCU apura irregularidades no uso de 93 milhões de reais durante operação das Forças Armadas no Rio em 2018, comandada pelo hoje ministro Braga Netto

“Agora eu cheguei ao inferno”

Biólogo em expedição no Pantanal relata os apelos desesperados de moradores da região diante do fogo e acompanha trabalho dos bombeiros

Mais textos
4

Proust ─ Do pêndulo ao calendário

O acesso à riqueza de Tempo Perdido não requer preâmbulos. Demanda algo que está fora da obra e é cada vez mais complicado de conseguir: tempo e concentração

5

Desenhando esquinas

Andrés Sandoval explica o processo por trás das ilustrações que adornam a piauí desde a primeira edição.

7

Sardanapalo

Babilônios cabotinos contracenarão com garbosas falanges assírias?

10

Um café na lanchonete

A história de Saeed, dos pais de Saeed – e o segredo de Nadia