diário da Dilma

Cochilou, cachimbo cai

Voltei ao Itaquerão como mártir e ofereci meu corpo em holocausto para dar sorte à Seleção

Como vocês ousam desafiar a Rainha da Copa das Copas dentro do País das Maravilhas?
Como vocês ousam desafiar a Rainha da Copa das Copas dentro do País das Maravilhas? ILUSTRAÇÃO: CACO GALHARDO_2014

1º DE JUNHO_Domingão e lá vou eu inaugurar o BRT no Rio. Como sei que essas cerimônias são chatésimas, fiz uma exigência: ter ao menos um sambinha. Dudu Paes adorou. Terminei o dia tocando pandeiro com o pessoal do Cacique de Ramos. Definitivamente, vai ter Copa!

2 DE JUNHO_Recebi o Blatter e perguntei se o PT poderia colocar placas de publicidade nos estádios da Copa. Ele ficou de ver.

3 DE JUNHO_Tenho tido pesadelos quase todas as noites. Só vejo aeroporto alagado, avião atrasado, caos no trânsito, o New York Times dizendo que eu sou incompetente e o Lula me corneteando. Copa maldita! Não inventei nada disso, mal sei o que é pênalti e estou pagando o pato. Comecei a trezena de Santo Antônio hoje. E estou rezando a oração da Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Agora é o que me resta…

4 DE JUNHO_O rei Juan Carlos renunciou, menina. Que bafón! Ideli me ligou perguntando se o herdeiro é casado e, no caso de não ser, se eu poderia mandá-la para Madri como embaixadora. É uma presunçosa. Mamãe, que adora uma monarquia, ficou arrasada. Mandei a notícia para o Sarney. Quem sabe o homem não se inspira.

5 DE JUNHO_Bonito o cabelo desse Marcelo. Será que o Lobão ficaria bem com um afro igual? Ai, meu Deus.

6 DE JUNHO_Liguei lá na CBF para saber se a Seleção poderia jogar um amistoso com uma estrela vermelha no peito. Eles ficaram de ver.

7 DE JUNHO_E precisava chover agora no Paraná? Aquele estado sem graça, que não cheira nem fede, agora resolveu me dar dor de cabeça. Primeiro, o estádio que não ficava pronto, agora, essa inundação. Vou mandar umas fotos jeitosas de Maringá e Cornélio Procópio para o Putin. Quem sabe ele não anexa?

8 DE JUNHO_Domingo, onze da manhã e eu aqui mofando na cerimônia de inauguração do Centro de Controle de Operações do Tráfego de Belo Horizonte. Como eu gostaria de estar em Ipanema jogando frescobol com aqueles bonitões holandeses.

Não sei o que vou usar na abertura da Copa. Pensei ou num modelito verde e amarelo, ou num azul Klein. Que pena que a gente não use fascinator aqui no Brasil. É de um chic!

9 DE JUNHO_Treino do Brasil na ESPN. Esse Luiz Gustavo tem um quê que mexe comigo. Ele guarda mistérios. Lembra um mulato sestroso da década de 50, daqueles que tratavam as amantes a tapas e beijos. Ai, meu Deus.

10 DE JUNHO_A convenção do PMDB me deixou horrorizada. A cena do Michel Temer cantando “Olê, olê olê olá, Dilma, Dilma” é um daqueles traumas que a gente dificilmente supera. E, afora o cheiro de naftalina que empesteava o ambiente, notei que o Lobão estava com a raiz muito crescida. Está faltando tonalizante acaju na Esplanada?

As seleções estão chegando. Ai, que vergonha! Roda de capoeira pros ingleses e aqueles pataxós fazendo aquela dancinha fake pros alemães. A gente faz de tudo para melhorar a imagem do Brasil e dá nisso. Tomara que esses índios façam aquela gracinha de colocar um cocar nos alemães. Dá um azar!

11 DE JUNHO_É muito cara de pau esse ladrão da Petrobras dizer na CPI que a obra da refinaria foi feita com conta de padeiro. Agora qualquer um fala o que quer e fica por isso mesmo. Estou me sentindo uma Geni sem Chico. E falei sério com a Gracinha. Com aquele visual, ela não convence ninguém de nada. Está medonha!

Santa Paulina do Coração Agonizante sabe como ralei para conseguir meu ingresso para a abertura da Copa. Fiquei horas naquela fila virtual do site da Fifa e nada. Acionei os patrocinadores, mas com a economia do jeito que está acabaram-se as gentilezas. Vou ter que pedir um favor para aquele pusilânime do Blatter. Nem por nada perco a chance de ver o Luiz Gustavo de perto.

12 DE JUNHO_Fui vaiada na Copa das Confederações e o Brasil acabou campeão. Voltei ao Itaquerão como mártir e ofereci meu corpo em holocausto para dar sorte à Seleção. Aos xingamentos, evoquei Zagallo e respondi fixando o olho em Luiz Gustavo: “Vocês vão ter que me engolir!” Lá no campo, acho que ele percebeu. Ai, que loucura.

Gostei dos refletores terem dado defeito. Minha compleição ganha muito numa luz mais suave.

13 DE JUNHO_Espanha e Holanda às quatro da tarde e o pessoal me manda ao Recife para uma visita às obras da Pista Oeste do Corredor Via Mangue. Me disseram que um tal de Diego Costa foi mais vaiado do que eu. Ao menos isso.

14 DE JUNHO_Passei o sábado vendo futebol e fiz uma descoberta estarrecedora: não sabia que o juiz ficava dentro do campo.

15 DE JUNHO_Marquei uma rodada especialíssima de tranca com a Angela Merkel e a Michelle Bachelet. Fiz pasta de atum e de ricota e servi Drambuie. Mamãe completou a mesa.

16 DE JUNHO_Raios: esse Constantino é o mais esperto do lote. Ele percebeu a mensagem subliminar que fixamos na logomarca da Copa. Talk to the hand: perdeu, playboy! A essa altura, aquele 2014 pintado em vermelho já fez a cabeça de meio Nordeste.

17 DE JUNHO_Segundo jogo do Brasil e acordei toda suada. Sonhei que eu era a Rainha da Copa das Copas e reinava soberana em meu País das Maravilhas. De repente, uma menina loira da elite branca convocou os animais da floresta para me vaiar. Tenho que fazer terapia.

Sou brasileira e não desisto nunca. Fui ao jogo de novo. Dessa vez, disfarçada de Fuleco.

18 DE JUNHO_Essa camisa coladinha da Puma é o grande bafão da Copa. Fiquei imaginando o Lobão com a 10 da Costa do Marfim. Desmarquei todas as reuniões em jogos da Itália, Suíça, Chile, Uruguai, Camarões, Costa do Marfim, Gana e Argélia. Ai, meu Deus.

19 DE JUNHO_Ô vidão! Não se fala mais em Petrobras, inflação alta e Volta, Lula. Fui para a janela do meu gabinete e gritei: “Gratidão!” Como nada é perfeito, toda vez que o Gilbertinho abre a boca o Aécio sobe um ponto nas pesquisas. Gilbertinho é padre, por que não faz voto de silêncio? A gordura para queimar está acabando. Cochilou, cachimbo cai.

20 DE JUNHO_Não sabia que a Bósnia tinha virado país. Copa do Mundo também é cultura. Ainda bem que o Patriota não é mais ministro. Era bem o tipo dele me mandar para lá.

22 DE JUNHO_Contratei o matemático Oswald de Souza para me ajudar a entender essas coligações. No Rio, o PSB fechou com o PT e o DEM com o PMDB. Em São Paulo, temos PSB e PSDB. Pelas minhas contas, eu teria que apoiar Bolsonaro e Jean Wyllys num eventual segundo turno. A verdade é que já me perdi no meio de tantas alianças. Não tenho certeza de mais nada. Eu ainda tenho base aliada?

23 DE JUNHO_Terceiro jogo do Brasil e o Lula me chega com uma dessas camisas coladinhas da Puma. O bom senso mandou lembranças.

Classificados! Juntei minha equipe para programarmos uns pronunciamentos de rádio e tevê toda vez que o Brasil passar de fase.

24 DE JUNHO_Pedi para o Mercadante agendar uma reunião urgentérrima com a seleção da Itália. De preferência, à luz de velas. Champagne per brindare a un incontro/con te che già eri di un’altro. Eles não podem sair da Copa dessa maneira. Pelo Buffon eu até esqueço o Lobão.

28 DE JUNHO_Começam as oitavas de final. Acho que superei as vaias. Dessa vez, sonhei que tomava a taça das mãos do Thiago Silva. Vamos ver.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #77: Lula solto, crise na Bolívia e o novo partido de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Trégua negociada atrás das grades

Documento do sistema penitenciário mostra como chefes do tráfico presos em Rondônia disputam à distância o controle da Rocinha

Bolsonaro, Marielle e a tempestade no Twitter

Entre os voos para Brasília e a presença do então deputado na Câmara, tempo apertado afasta hipótese de que Bolsonaro estivesse no Rio para receber acusado de matar vereadora  

Ruptura de bolsonaristas com PSL ganhou asas no Twitter

Disputa por controle do partido impulsionou menções a Eduardo e Joice na rede

Scorsese pede para se explicar

Quem sonha em fazer filmes enfrenta situação brutal, afirma cineasta

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

2

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

3

Bolsonaro, Marielle e a tempestade no Twitter

Entre os voos para Brasília e a presença do então deputado na Câmara, tempo apertado afasta hipótese de que Bolsonaro estivesse no Rio para receber acusado de matar vereadora  

5

A vida dos outros e a minha

Memórias de uma estudante brasileira fichada pela Stasi

6

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

7

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

8

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

9

Trégua negociada atrás das grades

Documento do sistema penitenciário mostra como chefes do tráfico presos em Rondônia disputam à distância o controle da Rocinha

10

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana