minha conta a revista fazer logout faça seu login assinaturas a revista
piauí jogos

    A minha entrevista com o Jô foi um passeio no parque. Fazia tempo que eu não me divertia tanto ILUSTRAÇÃO: CACO GALHARDO_2015

diário da Dilma

Em terra de malandro, rainha usa boné

Prenderam um ex-presidente da CBF, mas bater panela durante um jogo da Seleção, ninguém bate

| Edição 106, Julho 2015

A+ A- A

1º DE JUNHO_Nunca fui com a cara daquele Blatter, muito menos com a fuça do Marin. Espero que agora todos entendam a poker face que fiz ao entregar a Taça da Copa do Mundo aos alemães.

De tarde, reunião com o Nuzman, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Como dei autonomia à Polícia Federal, ao FBI e à Interpol, o homem quer se precaver. Planejamento é tudo.

2 DE JUNHO_Tenho que confessar: todo novo escândalo de corrupção me causa arrepios. Sempre aparece algum boco-moco esbaforido no meu gabinete pedindo ajuda a Deus e o mundo.

Agora esse Blatter ainda renuncia, abrindo um precedente perigoso.

3 DE JUNHO_Tempos de austeridade. Joaquim Levy cortou a festa junina da Granja do Torto. Agora é que o Lula vai cair para cima de mim, vai dizer que o PT precisa se reinventar, blá-blá-blá.

Antenada que sou às questões da juventude, descobri que a onda do momento é mesclar os nomes de um casal. Ou seja: a partir de agora, meu nome é Dilmaroufakis.

4 DE JUNHO_Apesar do Eduardo Cunha, da inflação voltando, do desmanche no Corinthians e de 83% da população ser a favor da redução da maioridade penal, nem tudo está perdido no Brasil. A revista Máxima deste mês traz uma novidade alentadora: o cabelo anti-idade. Aprendi, por exemplo, que “o long bob de pontas desconectadas acrescenta um ar urbano moderno que rejuvenesce cinco anos”.

5 DE JUNHO_Resolvi andar de bicicleta sem rodinha pela manhã, às vistas da imprensa, para mostrar a todos que tenho 100% de sucesso nas tarefas que dependem só de mim. E, claro, que não vou cair.

Também acho que ficou evidente o recado: as pedaladas fiscais continuam em 2015.

6 DE JUNHO_Só agora descobri que o chefe da delegação da Seleção Brasileira de futebol é aquele João Dória Jr., o tal do movimento Cansei. Peguei o coxinha-mor na boquinha.

8 DE JUNHO_Essas reuniões de coordenação política me lembram os trabalhos de grupo na época do ginásio. A gente se reunia, combinava tudo em cinco minutos e depois passava duas horas fofocando. Na hora de apresentar para a professora, ninguém cumpria o combinado.

Que coisa o Rodrigo Lombardi! Que derrière! Não quero ser vulgar, mas aquilo ali faz a gente ter maus pensamentos…

11 DE JUNHO_Fui de azul-piscina para o Congresso do PT. Recado dado: tucanei mesmo nesse ajuste fiscal, pelegada. Agora é calça de veludo ou bunda de fora.

12 DE JUNHO_Bola dentro do secretário de Comunicação Social, Edinho Silva: essa entrevista com o Jô realmente foi uma sacada genial. Ainda gravamos alguns quadros que vão ao ar em breve. Ora eu imitava o Paulo Silvino, ora fazia o Agildo Ribeiro.

13 DE JUNHO_Estava cantando Samba Lelê tá doente/tá com a cabeça quebrada para Gabrielzinho e finalmente a ficha caiu. Solidarizar-me-ei com esse pedido da convenção do PT: precisamos voltar com a CPMF para subsidiar a saúde. Somos todos Samba Lelê.

14 DE JUNHO_Escândalo de corrupção na Fifa. Um ex-presidente da CBF é preso. Mas bater panela durante o jogo da Seleção, ninguém bate.

15 DE JUNHO_Jaques Wagner veio me dizer que condecoramos Eduardo Cunha com a medalha da batalha do Riachuelo. Não faço ideia do que isso significa. Mudei de assunto para não parecer avoada.

Mandei o Nelson Barbosa fazer os cálculos para a minha aposentadoria. Essa coisa de fator previdenciário me confunde. Será que presidente da República conta tempo de serviço? Nem sei se assinaram minha carteira.

16 DE JUNHO_Duas coisas mais bagunçadas que o meu governo: em primeiríssimo lugar, essa viagem da oposição à Venezuela. O que foi aquilo? Em segundo, o Vasco da Gama.

Estou louca para conhecer o Eataly de São Paulo. Combinei de dar uma fugidinha com a Erenice. Fernandinho diz que a gente pode ir disfarçada de ciclista. Prometeu que até lá a ciclofaixa vai estar um tapete.

17 DE JUNHO_Gracinha mandou um e-mail desarvorado. Essas mudanças no seguro-desemprego a deixaram de mãos abanando. O fato é que o cobertor tá curto. Alguém vai ficar com os pezinhos de fora.

18 DE JUNHO_Mandei a Abin descobrir qual a alcunha que escolheram para mim. Se for algo chulo, cafona ou démodé, exijo que nosso sistema de inteligência altere meu apelido para “Merlot” antes que o outro seja divulgado. É tempo de murici, cada um cuide de si.

19 DE JUNHO_Gente, será que só eu fiquei chocada com o desabafo do Boechat para o Silas Malafaia? Por essas e outras, a gente tenta regulamentar a mídia. A coisa está fora de controle.

20 DE JUNHO_Lula, Eduardo Cunha, Michel Temer, Renan Calheiros, Joaquim Levy cantando de galo para ver quem manda no país. Na hora que cai o príncipe das empreiteiras, toda a corte fica no sapatinho. São uns falastrões. Já aprendi a me portar na maciota com essa turma. Em terra de malandro, rainha usa boné.

21 DE JUNHO_Quer dizer que o Brahma está bravo comigo? Quer moleza? Senta no pudim. Essa do Brahma lavou minha alma! Desceu redondo!

Nesse inverno eu decidi fazer algo diferente. Para combater os boatos de que eu estava na pior, gravei um vídeo brindando com uns bons drink na banheira do Alvorada. João Santana vetou.

23 DE JUNHO_Ando muito ligada nos esportes. Botei a minha duplinha de futevôlei, Luiza Trajano, no Conselho Público Olímpico. O cargo, na prática, tem as mesmas atribuições do meu e da rainha da Inglaterra.

Já que a minha popularidade está em baixa mesmo, decidi aproveitar. Usei a abertura dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas para saudar a mandioca e elogiar a evolução dos “homens e mulheres sapiens”. É só o começo. Me aguardem!

24 DE JUNHO_Fofíssima a Charlotte! O irmãozinho tem aquele nariz da família do pai. Parece um aviãozinho de asa aberta. Tomara que a menina puxe a família da Kate. Aliás, cadê a Pippa? A fama é efêmera mesmo!

Eu fui traída por você/ covardemente/ e essas coisas acontecem por aí/ naturalmente… Essa música do Cauby não me sai da cabeça. Vou postar na minha timeline.

25 DE JUNHO_Já não sei o que pensar desse Levy. Tá mais soltinho que o arroz da vovó Rousseff. Depois de cortar tudo, o que acontece? Qual é o plano B? Estou só esperando para ver que bicho vai dar.

Até eu estou curiosa com o depoimento do Marcelo Odebrecht. Mas ninguém dá um pio sobre isso. Nem no Alvorada nem na oposição. Em casa de enforcado não se fala em corda.

26 DE JUNHO_Depois que o papa deu para opinar sobre o meio ambiente, o Lula parece que se sentiu obrigado a botar a boca no mundo. Quem fala muito dá bom-dia a cavalo. Mandei esse recado pro Brahma. Ele pensa que vai se livrar de mim só no gogó? Quem pariu Mateus que o embale. Tamojunto!

27 DE JUNHO_Finalmente! Já não aguentava mais! Como esperei por esse dia! Segundo Susan Miller, esse Mercúrio Retrógrado termina hoje. Já posso sentir a minha popularidade subindo.

28 DE JUNHO_Haddad conseguiu pintar uma faixa vermelha no meio da avenida Paulista – a título de “ciclovia”. Essa é a conquista que precisávamos para renovar nossos ânimos! A revolução continua, companheiros!