poesia

Engenho e arte

Vivo com certas palavras, abelhas domésticas; ou com qualquer palavra, como a palavra qualquer

José Almino 
ILUSTRAÇÃO: MARISA REDONDO_RIVERLUNA

Vivo com certas palavras, abelhas domésticas[1];
ou com qualquer palavra, como a palavra qualquer
que, agora, irrompe e se impõe ao desaviso,
como se houvesse em mim a força e o propósito
de palmilhar vagamente uma estrada de Minas[2],
solene e à espreita de um desencanto grave;

E como se eu vivesse ao correr da pena,
em leva e traz sem trégua, ao peso de mim mesmo,
sujeito ao escárnio, por exibir solene,
o dom da analogia e a música adequada,
em certos instantes que invento.

Porém, quisera-me inventor de um descrever feroz,
à margem ou ao centro: uma construção esperta,
sem a falsa elegância ou a sedução barata,
que são meus vícios brutos, sem alma e sem remédio;
e que rondam renitentes, agorinha, neste instante.

Abriria os olhos, incuriosos, lassos,
para a máquina, o discurso (e por que não a vida?)
construídos com o engenho e a arte dos milagres.
E ficaria só, contente, no meu íntimo,
a remoer o sentimento apagado
e o traço tosco da poesia.


[1]  João Cabral, “Psicologia da composição”.
[2]  Carlos Drummond de Andrade, “A máquina do mundo”.

José Almino 

É sociólogo, poeta e pesquisador da Casa de Rui Barbosa. Publicou A Estrela Fria, pela Companhia das Letras

Leia também

Últimas Mais Lidas

Respiradores a zap

Como empresários e pesquisadores articulam iniciativas para aumentar a fabricação de ventiladores pulmonares, fundamentais no combate à Covid-19

Maria vai com as outras #4: Profissionais do Cristianismo

Uma pastora Batista e uma freira Agostiniana contam sobre rotina, compromissos, sustento e planejamento quando se trata de uma profissão de fé

Bolsonaro contra-ataca

Estimulada pelo pronunciamento do presidente, militância bolsonarista faz ação orquestrada nas redes e nas ruas, convocando atos para romper quarentena

Um patinho feio na luta contra a Covid-19

Sem experiência no ramo, pequena empresa de Minas recebe autorização para importar e revender testes que detectam anticorpos no organismo de quem entrou em contato com o coronavírus; resultado dos exames sai entre dez e trinta minutos

Amor em tempos de coronavírus

Fronteiras fechadas, travessia dos Andes, drible no Exército boliviano: as idas e vindas de um casal de jornalistas para voltar ao Brasil

Decepção ambulante

Para um terço dos brasileiros, atuação de Bolsonaro contra coronavírus é ruim ou péssima; ex-apoiador do presidente, camelô rompe quarentena para não passar fome, mas reclama: “Gostaria que ele levasse a sério”

Foro de Teresina #93: O Brasil de quarentena, o isolamento de Bolsonaro e a economia à deriva

O podcast de política da piauí comenta os principais fatos da semana

(Quase) todos contra um 

Desgastado até entre aliados, Bolsonaro se isola cada vez mais; as 24 horas seguintes ao pronunciamento do presidente tiveram embate com governadores e declaração ambígua de Mourão

“Se não tem teste, como saber se é coronavírus?”

Com febre alta e dificuldade para respirar, moradora do Pantanal, na periferia de São Paulo, diz que medo do Covid-19 chegou à comunidade – mas ainda faltam informação e diagnóstico 

Mais textos