esquina

Laser na bochecha

A dermatologista dos Bolsonaro

Marcella Ramos
ILUSTRAÇÃO: Andrés Sandoval_2019

Priscilla Campelo se debruçou sobre o rosto de Michelle Bolsonaro com um instrumento semelhante a uma pistola. Apertou um botão e disparou um laser vermelho contra a bochecha direita da primeira-dama. Usando um vestido marrom de bolinhas brancas e luvas cirúrgicas azuis, a dermatologista deu um passo para trás, tirou os óculos protetores de resíduo e apalpou o queixo da paciente, enquanto checava a bochecha esquerda. De olhos tapados por protetores prateados, parecidos com os de bronzeamento artificial, Michelle sussurrou: “Tá ótimo.”

O vídeo com o tratamento foi gravado em Brasília na véspera da viagem da comitiva presidencial aos Estados Unidos para a abertura da Assembleia Geral da ONU, em 24 de setembro. A dermatologista tinha improvisado um consultório no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, e, ao final da aplicação, ela e Michelle posaram ao lado do instrumento: uma Etherea MX, fabricada pela empresa brasileira Vydence, que anuncia o produto como a plataforma a laser mais completa do mercado. O laser serve para estimular a produção de colágeno e uniformizar a textura e a coloração da pele, entre outras utilidades. O tratamento feito por Campelo pode custar entre 450 e 7 mil reais.

A dermatologista começou a atender a primeira-dama em 2017, quando Jair Bolsonaro tinha em torno de 16% de apoio a sua candidatura à Presidência. Logo, as duas mulheres se tornaram amigas. Em junho do ano passado, época da campanha presidencial, Campelo e seu marido, o cirurgião plástico Regis Ramos, ofereceram ao candidato um jantar no apartamento deles, na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O presidenciável compareceu ao lado de Michelle e do filho mais velho, Flavio (hoje senador pelo PSL-RJ). “Jair Bolsonaro, confortavelmente sentado, segurando um copo de vinho que ele mal tocou, ficou respondendo às questões por mais de três horas”, anotou o colunista social José Ronaldo Müller em seu blog. “A surpresa maior ficou por conta de Michelle Bolsonaro. Bonita, chique e com muita personalidade.” Entre os convidados, estava o cantor Nego do Borel, que em dado momento cogitou postar uma foto ao lado de Jair Bolsonaro numa rede social, mas foi aconselhado a desistir da ideia, para não parecer apoio político.

Quando Bolsonaro venceu nas urnas, em outubro de 2018, o casal de médicos também optou pela prudência e não registrou nenhuma comemoração em suas redes sociais. Em 1º de janeiro, porém, a médica exibiu no Instagram os convites que recebera para a cerimônia da posse em Brasília. Na ocasião, ela e o marido posaram ao lado do presidente e da primeira-dama.

Foi também Campelo quem cuidou da pele dos noivos Eduardo e Heloísa Bolsonaro, com uma terapia que começou três meses antes do casamento deles, em 25 de maio deste ano. Na véspera do enlace, a dermatologista recebeu Heloísa e as madrinhas em seu consultório para um dia de beleza – e o alarme soou, pois uma das moças tinha uma espinha no rosto. A médica recorreu ao seu arsenal: aplicou um laser para desinflamar, outro para cicatrizar e besuntou o local com hidratante. No dia seguinte, ela contou, a madrinha já não tinha vestígio algum da imperfeição.

 

O consultório de Campelo e Ramos fica num edifício comercial no miolo de Ipanema, no Rio de Janeiro. A recepção ampla tem cheiro de lavanda e é decorada com orquídeas. A consulta simples custa 500 reais, e planos de saúde não são aceitos. No consultório, uma coleção de porta-retratos com fotos de pacientes famosas decora a bancada abaixo da janela panorâmica, de onde se avista o mar. A foto de Michelle Bolsonaro foi colocada bem no centro da coleção.

Campelo tem 37 anos, é baiana de Juazeiro e ainda preserva uma leve entonação de sua terra, mesclada ao sotaque carioca. Filha de um empresário do ramo do curtume, aos 12 anos foi estudar em Salvador. Aos 18, mudou-se para o estado do Rio, a fim de fazer medicina, na Universidade Iguaçu (Unig), em Nova Iguaçu. “Sou bem desgarrada, acho que é porque saí de casa muito cedo”, disse.

Dermatologia não foi sua primeira opção. Ela queria ser cirurgiã, mas um colega a demoveu da ideia, ao contar que essa especialidade, por exigir tanto do profissional, talvez a impedisse de cuidar bem dos futuros filhos. Ela, então, pensou em fazer infectologia, depois endocrinologia, mas descartou essas opções.

Desde que se formou, Campelo trabalha em parceria com o marido, com quem tem dois filhos. “Eu costumo dizer que a dermatologia e a cirurgia plástica são irmãs”, afirmou a médica, passando os dedos pelos cabelos loiros escovados. Regis Ramos fez parte da equipe de médicos que, no início de setembro, corrigiu uma hérnia abdominal de Jair Bolsonaro – a quarta cirurgia do presidente desde o atentado em 2018. Além do primeiro-casal, os dois médicos também atendem celebridades, como Danielle Winits, Arlete Salles, Nego do Borel, Sophia Abrahão e Babi Xavier. Em março último, Campelo postou no Instagram fotos feitas durante o aniversário da atriz Giovanna Antonelli, outra paciente.

 

Perto do Natal de 2017, Michelle Bolsonaro mandou uma mensagem telefônica para a dermatologista: “Flor, preciso te pedir uma ajuda.” A médica ficou alarmada. Mas Michelle continuou: “Eu preciso que você adote uma criança para este Natal. É um projeto da minha igreja.” A “adoção” consistia simplesmente na doação de um pacote de presentes para uma criança pobre. “Tudo bem”, respondeu Campelo. “Quero adotar o menino mais velho da lista.” O escolhido foi Luã, de 14 anos. Ela comprou roupas, brinquedos e jogos. “A Michelle é fora da curva de uma pessoa do bem”, disse.

Neste ano, no dia de seu aniversário, Campelo recebeu da primeira-dama um pequeno bolo enfeitado. Fez uma foto e postou nas redes sociais. “Carinho de uma amiga muito especial!!!!”, escreveu. Não identificou quem tinha mandado o bolo, segundo ela, para não expor Michelle – que, entretanto, horas depois, postou na sua própria conta no Instagram a foto da dermatologista com o presente.

O tratamento da primeira-dama antes da viagem a Nova York foi registrado por Campelo com fotos e um vídeo, que ela colocou em seguida no Instagram, acompanhados das seguintes palavras: “Dia de cuidar da PRIMEIRA-DAMA NO PALÁCIO DA ALVORADA. Pele pronta para brilhar nos Estados Unidos, na Reunião Geral da ONU. Amiga que amo, paciente querida @michellebolsonaro @vydence #primeiradama #primeiradamadobrasil #michellebolsonaro #pelelinda #peledediva #peleperfeita #dermatologiapriscillacampelo #dermatologia #dermatology #laser.”

A atriz Elizabeth Savalla, que fez a beata maledicente Mirtes na novela O Sétimo Guardião e também é paciente da médica, deixou um comentário ao post: “Saudades dos nossos papos e chás!”

Marcella Ramos

Repórter e coordenadora de checagem da piauí

Leia também

Últimas Mais Lidas

Trégua negociada atrás das grades

Documento do sistema penitenciário mostra como chefes do tráfico presos em Rondônia disputam à distância o controle da Rocinha

Bolsonaro, Marielle e a tempestade no Twitter

Entre os voos para Brasília e a presença do então deputado na Câmara, tempo apertado afasta hipótese de que Bolsonaro estivesse no Rio para receber acusado de matar vereadora  

Ruptura de bolsonaristas com PSL ganhou asas no Twitter

Disputa por controle do partido impulsionou menções a Eduardo e Joice na rede

Scorsese pede para se explicar

Quem sonha em fazer filmes enfrenta situação brutal, afirma cineasta

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

2

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

4

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

6

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

7

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

8

A vida dos outros e a minha

Memórias de uma estudante brasileira fichada pela Stasi

9

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

10

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina