cartas

Mundo injustus

MUNDO MENOS JUSTUS

Passou-se apenas um ano e a profissão de fé de piauí por um mundo menos Justus – sem espaço para celebridinhas, usando “Galera” somente como sobrenome etc. etc.: pensam que o leitorado não guarda essas coisas? – não só foi solenemente descumprida, como a edição de aniversário é quase temática, por assim dizer. Promessas fora, ficou divertidíssima. Só depois não venham cobrar coerência do pessoal das Alagoas, do Maranhão (rua ou Estado, tanto faz) e de outros sítios menos votados dessa imensa Molvânia.

Leonardo Pinto_São Paulo, SP

nota da redação: Recusamos a aleivosia. Quem  descumpriu foi o The piaui Herald, publicação independente da qual, aliás, não gostamos.

 

DIGNIDADE CANINA

O texto lamentável (apesar de muito bem escrito) sobre a experiência de Paulo Maluf no Autódromo de Brasília beira o enojante. Não só por dar páginas a essa excrescência da história política do Brasil, mas por relatar, com certo desdém, o atropelamento de um pobre cachorro.Luiz Fernando Bindi_São Paulo, SP

 

MOLVÂNIA

Excelente o  caderno sobre a Molvânia. Como viajante experimentado e com várias passagens por aquele exótico país, posso avalizar as utilíssimas dicas fornecidas na matéria. Se me permitem, faltou uma palavra sobre o melekcs, o pão dos molvãos, cuja receita milenar, afinal, tornou-os famosos no mundo inteiro.

Mendel Reismann_Rio de Janeiro, RJ

 

MOLVÂNIA 2

E Manuel Bandeira ainda quer ir-se para Pasárgada…

Ricardo Azerite_São Paulo, SP

 

PIAUÍ EM WASHINGTON, DC

Confesso que um sentimento de angústia tomou conta de mim quando tive que vir para os EUA para fazer parte dos meus estudos de doutoramento. Vim, mas não sem antes deixar ordem explícita (e dinheiro, claro!) aos amigos que comprem a revista todos os meses.

Luis Ernesto A. Bezerra_Washington, DC

nota da redação: Faça melhor: uma assinatura internacional ao módico custo de 99 dólares.

 

AQUÁRIO NA CABEÇA

Sempre quando leio os quadrinhos do homem com um aquário na cabeça, logo me vem a imagem de Thom Yorke cantando e/ou prevendo o futuro: No alarms and no surprises. Please, assistindo a sua própria degradação. Assumo que sou detalhista e de um romantismo barato, mas se o homem com um aquário na cabeça morrer, como previsto, inúmeros infelizes e/ou descontentes, que escutam pós-rock e lêem revistas engraçadas, ficarão órfãos.
André H. F. Campos_Belo Horizonte, MG

 

Esclarecimentos

  • Germaine Greer (A insensata peregrinação da carne, edição nº 13) é escritora e feminista australiana.
  • No boletim de ocorrência sobre a detenção do delegado Alexandre Neto não consta que ele estivesse alcoolizado quando foi abordado pelos policiais militares (Nove tiros no siri na lata, nº 13).

Leia também

Últimas Mais Lidas

Seguro sinistro

Despachante de "associações de proteção" oferece prêmio a policiais para recuperar carros roubados no Rio

Foro de Teresina #89: As mentiras de Bolsonaro, a caserna no Planalto e os tiros contra Cid Gomes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Tanque atropela patinete

Militares e policiais acendem pavio para implodir agenda de Paulo Guedes

Greve, motim e chantagem pelo poder

Bolsonaro usa demandas dos policiais para enfraquecer governadores, em especial os de oposição

“A jornalistas, oferecem dinheiro ou chumbo”

Repórter reconstitui assassinato do jornalista Léo Veras e lembra rotina de violência do narcotráfico na região

O Farol – fantasia extravagante 

Escassez de opções e presença de Willem Dafoe levam colunista a cair no conto do “horror cósmico com toques sobrenaturais”

Coronavírus espreita a Olimpíada

A cinco meses dos jogos, Tóquio vê turistas fugirem e máscaras acabarem

Maria Vai Com as Outras #1: A necessidade faz o sapo pular

A camelô Maria de Lourdes e a costureira Alessandra Reis falam da rotina como profissionais autônomas num mercado informal: o das calçadas do Centro do Rio e o da Marquês de Sapucaí

Laudos, versões e milícia

Documentos e imagens da casa onde miliciano Adriano da Nóbrega foi morto contradizem relato de policiais sobre operação

Mais textos
1

Laudos, versões e milícia

Documentos e imagens da casa onde miliciano Adriano da Nóbrega foi morto contradizem relato de policiais sobre operação

2

Asfaltando a Amazônia

Bolsonaro inaugura trecho de rodovia federal e planeja mais mil quilômetros cortando áreas protegidas de floresta no Norte do Pará

3

A pensão de 107 anos

Herdeiros de servidor público receberam legalmente benefício da Previdência de 1912 a 2019 – atravessando nove moedas e trinta presidentes brasileiros

4

Greve, motim e chantagem pelo poder

Bolsonaro usa demandas dos policiais para enfraquecer governadores, em especial os de oposição

7

Coronavírus espreita a Olimpíada

A cinco meses dos jogos, Tóquio vê turistas fugirem e máscaras acabarem

8

Foro de Teresina #88: O miliciano morto, o Bolsa Família e o Pateta, e uma São Paulo submersa

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

9

A metástase

O assassinato de Marielle Franco e o avanço das milícias no Rio

10

Tanque atropela patinete

Militares e policiais acendem pavio para implodir agenda de Paulo Guedes