vultos da história brasileira

O casmurro

O entusiasmo pela narrativa e o tédio existencial de Evaldo Cabral de Mello, o historiador pernambucano que reinterpretou o Brasil

Rafael Cariello
Evaldo Cabral de Mello diz que as obras dos explicadores do Brasil, como Sérgio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre, refletem um “narcisismo coletivo” e estão se tornando irrelevantes. “Não há nenhum enigma brasileiro. A gente sabe o que é: metade incompetência, metade corrupção.”
Evaldo Cabral de Mello diz que as obras dos explicadores do Brasil, como Sérgio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre, refletem um “narcisismo coletivo” e estão se tornando irrelevantes. “Não há nenhum enigma brasileiro. A gente sabe o que é: metade incompetência, metade corrupção.” FOTO: BRUNO POPPE_2015

O romancista João Ubaldo Ribeiro, autor de Viva o Povo Brasileiro e vencedor do Prêmio Camões, a mais importante láurea literária em língua portuguesa, morreu de embolia pulmonar na madrugada do dia 18 de julho de 2014. Tinha 73 anos e ocupava, desde 1994, uma das quarenta cadeiras da Academia Brasileira de Letras.

Seu corpo foi velado à tarde, na sede da centenária instituição fundada por Machado de Assis – um prediozinho cor de burro quando foge em estilo neoclássico, adornado por colunas gregas e enfiado no confuso e sujo centro comercial do Rio de Janeiro, por onde circula diariamente uma multidão de advogados, funcionários públicos, office-boys e camelôs.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Rafael Cariello

Editor da piauí. Foi editorialista da Folha de S.Paulo e correspondente do jornal em Nova York

Leia também

Últimas Mais Lidas

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

Parasita – nepotismo, corrupção e benfeitores

Em conexão inesperada com o Brasil, sátira coreana ajuda a pensar sobre parasitas e hospedeiros

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

2

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

5

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

6

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

7

Cientista da democracia

O que os experimentos de Claudio Ferraz têm a dizer sobre o nosso sistema político, a sabedoria do eleitor e o governo de Jair Bolsonaro

9

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

10

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana