vultos da história brasileira

O casmurro

O entusiasmo pela narrativa e o tédio existencial de Evaldo Cabral de Mello, o historiador pernambucano que reinterpretou o Brasil

Rafael Cariello
Evaldo Cabral de Mello diz que as obras dos explicadores do Brasil, como Sérgio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre, refletem um “narcisismo coletivo” e estão se tornando irrelevantes. “Não há nenhum enigma brasileiro. A gente sabe o que é: metade incompetência, metade corrupção.”
Evaldo Cabral de Mello diz que as obras dos explicadores do Brasil, como Sérgio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre, refletem um “narcisismo coletivo” e estão se tornando irrelevantes. “Não há nenhum enigma brasileiro. A gente sabe o que é: metade incompetência, metade corrupção.” FOTO: BRUNO POPPE_2015

O romancista João Ubaldo Ribeiro, autor de Viva o Povo Brasileiro e vencedor do Prêmio Camões, a mais importante láurea literária em língua portuguesa, morreu de embolia pulmonar na madrugada do dia 18 de julho de 2014. Tinha 73 anos e ocupava, desde 1994, uma das quarenta cadeiras da Academia Brasileira de Letras.

Seu corpo foi velado à tarde, na sede da centenária instituição fundada por Machado de Assis – um prediozinho cor de burro quando foge em estilo neoclássico, adornado por colunas gregas e enfiado no confuso e sujo centro comercial do Rio de Janeiro, por onde circula diariamente uma multidão de advogados, funcionários públicos, office-boys e camelôs.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES

Rafael Cariello

Editor da piauí. Foi editorialista da Folha de S.Paulo e correspondente do jornal em Nova York

Leia também

Últimas

Antes da Covaxin, milhões em preservativos

Desde 2019, governo pagou a empresa investigada na CPI quase 100 milhões de reais por preservativos femininos

A lenha ou a fome

Sem dinheiro para comprar gás, moradores da periferia de Curitiba gastam horas catando madeira e voltam à era do fogão a lenha para poder cozinhar alimentos

Celebridade versus Mito

Trupe de artistas e influencers contra Bolsonaro cresce nas redes, faz barulho e amplia a base de oposição

A importância do cinema brasileiro

Patrimônio merece ser preservado e protegido, não destruído

Desiguais até na infelicidade

Entre os 40% mais pobres da população brasileira, sensação de bem-estar geral caiu mais; para os 20% de renda mais alta, sentimento é de que a vida até melhorou

Lugar de militar é no quartel

Emenda que barra militares da ativa na administração pública é insuficiente, mas um bom começo para tirar Forças Armadas da política

Mais textos