colaboradores

O teatro do Museu de Arte Moderna no traço e na escrita

Um arquiteto que faz reportagens, edita e desenha

Francisco Jaime Alves Barbosa [Onze da noite é a hora dos solitários] é balconista da seção de frios de um supermercado carioca.

Alfredo Ribeiro [O indignado anônimo] é jornalista carioca. Ilustração de Reinaldo Figueiredo, o Itamar Franco do Casseta & Planeta e autor de Desenhos de Humor, publicado pela Desiderata.

Sandro Vaia [Detrás das dunas do Estadão], jornalista, foi diretor de redação de O Estado de S. Paulo de 2000 a 2006.

Roberto Kaz [Em busca do cadáver] é repórter de piauí.

Douglas Duarte [O morto e o vivo] é jornalista. Seu primeiro documentário, Personal Che, estréia agora em setembro na Première Latina do Festival do Rio.

Pedro Costa [A lenda do Cabeça de Cuia] é cantador, violeiro e poeta piauiense. Ilustração de Arnaldo Albuquerque.

Raquel Freire Zangrandi [Entre ratos], produtora de cinema, é repórter de piauí.

Tiago Judas [Realidade, ficção e capuccino] é artista plástico.

Sylvia Nasar e David Gruber [Côncavo e convexo] são jornalistas e escritores americanos. Tradução de Ivo Korytowski.

Joe Sacco [Alessio Mancha K. Valete], desenhista e jornalista maltês radicado nos Estados Unidos, é autor de Derrotista e Uma História de Sarajevo (Conrad). Tradução de Sergio Flaksman.

Fernando Serapião [Jogo dos erros], arquiteto, é editor executivo da revista Projeto Design. Ele também fez as ilustrações da reportagem.

Cassiano Elek Machado [Zezão sai do esgoto] é jornalista de piauí.

Modesto Carone [Três situações] escritor e tradutor, é o autor de Resumo de Ana. Ele publicará em dezembro, pela Companhia das Letras, a coletânea de contos O Natal do Viúvo.

Marcel Gotlib [Monstro desconhecido] é escritor e cartunista francês. Tradução de Rosa Freire D’Aguiar.

Marta Goes [O que aprendi] é jornalista, dramaturga e roteirista de cinema e televisão. Em outubro, lançará uma biografia de Alfredo Mesquita (Editora Terceiro Nome).

Chantecler [O que rolou de previsão no encontro anual de astrologia], deu uma de repórter e cobriu, no mês passado, um encontro de horoscopistas profissionais. O leitor Daniel Soares acertou o nome de uma das encarnações de Chantecler em agosto: Vanessa Barbara. Ele só receberá metade do prêmio porque não descobriu quem foi o co-autor.

 

ilustrações em esquina: Andrés Sandoval

Leia também

Últimas

Matemática que multiplica horas e projetos

Universitário do interior de Alagoas conta como realizou o sonho de conquistar medalhas em olimpíadas científicas e hoje incentiva outros jovens a participar dos concursos

O fim do dinheiro no país dos pixelados

Com o Pix a pleno vapor, cai a circulação de papel-moeda e bancos fecham cada vez mais agências; economia digital, no entanto, ainda exclui parte dos brasileiros

No rastro da Covaxin

Assim como a PF, a piauí vem investigando a Precisa Medicamentos e o escândalo da vacina indiana. Para entender melhor o caso, confira o roteiro do que já publicamos

Foro de Teresina #168: Bolsonaro janta os salvadores da pátria

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Quando a cruz vira espada

Seguindo o manual dos autocratas, Bolsonaro apela à radicalização religiosa para dividir o país e corroer ainda mais a democracia

A ferida aberta do Itamaraty

Homenagem feita por jovens diplomatas a José Jobim, morto pela ditadura, constrange o governo e reaviva o caso, até hoje não esclarecido

Mais textos