vultos da República

Padilha no laboratório

Apontado como promessa de renovação no PT, o ministro se prepara para enfrentar o domínio tucano em São Paulo, mas o primeiro obstáculo às suas pretensões políticas é a situação da saúde no país

Clara Becker
Geraldo Alckmin entregou o braço à seringa de Alexandre Padilha na última campanha de vacinação. Longe dos jornalistas, o tucano já disse que o ministro do PT é um “político muito jeitoso”, enquanto Dilma cobra dele mais foco na gestão e critica o excesso de viagens, a maioria delas para São Paulo
Geraldo Alckmin entregou o braço à seringa de Alexandre Padilha na última campanha de vacinação. Longe dos jornalistas, o tucano já disse que o ministro do PT é um “político muito jeitoso”, enquanto Dilma cobra dele mais foco na gestão e critica o excesso de viagens, a maioria delas para São Paulo FOTO: ADRIANA SPACA_BRAZIL PHOTO PRESS_FOLHAPRESS

─ Padilha, o que esse balde está fazendo no meio do corredor?

– Deve ser goteira, por causa da chuva, presidenta.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Clara Becker

Clara Becker é jornalista, mora em Buenos Aires, trabalha para a Agência Lupa. É coautora dos livros The Football Crónicas e Los Malos

Leia também

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #47: Bolsonaro joga diesel na crise, deputada é ameaçada, e STF embarca na censura

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Delação financiada

Pressionada pela Lava Jato, CCR decide pagar 71 milhões de reais para demitir executivos e transformá-los em delatores; acionistas minoritários protestam

A guerra perdida de Toffoli

Embate no Supremo mostra sucessão de equívocos, avalia professor da FGV

Verbas pelo ralo

Empresa contratada com dinheiro de emenda apresentada pelo secretário de Previdência fez depósitos na conta de parente de Marinho; caso explicita descontrole na fiscalização

Foro de Teresina #46: Os 100 dias de governo, o marasmo na economia e a chuva (de tiros) no Rio

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

O Caso Hammarskjöld – persistência recompensada

Documentário tem chance de ajudar a esclarecer morte de secretário-geral da ONU

Foi atender o telefone e voltou demitido

Embaixador diz que Apex era “jardim de infância” com diretora despreparada e protegida pelo chanceler

Mourão, o avalista  

Atacado pelos radicais bolsonaristas, o vice-presidente se coloca como garantia contra solavancos do governo

Balança mas não vende

Bolsonaro prioriza relações com Israel, mas Brasil tem déficit com israelenses e superávit com Liga Árabe

Mais textos
2

Delação financiada

Pressionada pela Lava Jato, CCR decide pagar 71 milhões de reais para demitir executivos e transformá-los em delatores; acionistas minoritários protestam

3

Verbas pelo ralo

Empresa contratada com dinheiro de emenda apresentada pelo secretário de Previdência fez depósitos na conta de parente de Marinho; caso explicita descontrole na fiscalização

4

Foi atender o telefone e voltou demitido

Embaixador diz que Apex era “jardim de infância” com diretora despreparada e protegida pelo chanceler

7

“A vida, a humilhação, a gozação nas ruas”

Uma história da República chega ao fim

8

A metástase

O assassinato de Marielle Franco e o avanço das milícias no Rio

9

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

10

Os manifestantes estão em pânico

O que querem os coletes amarelos?