poesia

Poemas

E. E. Cummings

amor é mais mais denso do que olvido 
mais mais fino do que recordo 
mais raro que uma onda tonta 
mais freqüente do que a míngua 

é o mais mais louco e lunar 
e menos não será ser 
do que tanto mar que só 
é maior do que o mar 

amor é menos sempre que vencer 
menos nunca do que viver 
menos maior que o menor grão 
menos mínimo que perdão 

é o mais mais são e solar 
e mais não será não ser 
do que tanto céu que só 
é maior do que o céu


II.

quincas abomina 
todas as meninas(as 
tímidas zinhas,as atrevidas 
zinhas;as meigas 
ciosas melosas formosas) 
todas elas excetuando as 
frígidas 

pedro despreza todas 
as meninas(as 
sabidas zinhas,as burras 
zinhas;as gostosas 
fofas magrelas fininhas) 
todas elas excetuando 
as chatas 

nando ama todas as 
meninas(as 
tortas zinhas,as mancas 
zinhas;as loucas 
retardadas lesadas) 
todas elas 
excetuando as mortas 

miro admira todas as meninas 
(as 
gorduchas zinhas,as secas 
zinhas;as largadonas 
doces porcas limpas) 
todas 
elas excetuando as novinhas


I
II.

numa forma verdadeiramente 
em curva 
minha alma 
adentra 

pressente toda a 
miudeza dissolvida 
pela obscena suposição 
da fabulosa imensidade 

o céu gritou 
o sol morreu) 
o navio paira 
sobre mares de ferro 

respirando altura comendo 
precipícios o 
navio transpõe 
murmurantes montanhas de prata 

que 
somem(e 
 
era noite 

e por só esta noite uma 
forma prodigiosa se move 
tripulada e pilotada 
por espírito que o meu é


IV.

esta pessoinha de 

olhos escan- 
caradíssimos(qua 
-se a ex- 

plodir de tanta 

in 
-exprimív- 
el 

inu 

-merabilid- 
ade de si 
mesmos)não pode 

e 

-ntende- 
r meu ú 
-nico- 

e mesmo eu



V.

morrer é lindo)mas a Morte 

?oh 
benzinho 
não 

me faria bem 

a Morte se a Morte 
fosse 
boa:pois 

quando(em lugar de parar para pensar)você 

começar a sentí-la,o 
miraculoso por quê 
de morrer?por- 

que morrer é 

perfeitamente natural;perfeitamente 
suavizando os 
termos vivo(mas 

a Morte 

é rigorosamente 
científica 
& artificial & 

má & oficial) 

agradecemos a ti 
deus 
todo-poderoso por morrer 

(perdoai-nos,oh vida!o pecado da Morte



VI.

um político é um bundão sobre 
o qual se sentou tudo exceto um homem


VII.

meu velho e doce etcetera 
tia lucy na última 

guerra podia e chegou 
mesmo a te contar de que 
todo mundo lutava em 

prol, 
minha irmã 

isabel deu cria a centenas 
(e 
centenas)de meias sem 
falar camisetas orelheiras à prova de pulgas 

etcetera munhequeiras etcetera,minha 
mãe esperava que 

eu morresse etcetera 
como um herói é claro meu pai ficava 
rouco de repetir que imenso privilégio 
era e se só dependesse 
dele nesse ínterim a mim 

mesmo etcetera estendia na paz 
da lama em que afundo et 

cetera 
(sonhando, 
et 
cetera,com 
Teu sorriso 
olhos joelhos e com tua Etcetera)


VIII.

eu quero meu corpo quando é teu meu 
corpo. É tanto tão moço que coisa. 
Os músculos bem mais, os nervos demais. 
eu quero teu corpo. quero-porque-quero, 
quero os teus como-o-que. quero roçar a espinha 
de teu corpo e os ossos, e o receio 
sempre-suave-mente e aí eu 
irei e irei e irei 
abraçar, quero beijar aqui lá, você, 
quero, afagar lento pulsar, cintilante pelo 
de tua pele radiante, o-que-é-isso a vir-me 
carne a carne . . . . Pupilas grandes de amor-migalhas, 

e possivelmente quero o tremor 

de sob mim você tanto tão moça

E. E. Cummings

E. E. Cummings (1894–1962), poeta americano, autor de O Tigre de Veludo, da editora da UnB.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Polícias fraturadas

PM adotou padrões de risco distintos ao coibir protestos deste domingo; na PF, fronteiras entre segurança e política são ainda mais tênues 

Bolsonaro seduz policiais militares com promessas, cargos e poder

Entre o capitão e os governadores, é preciso saber para onde irá a Polícia Militar

Foro de Teresina #102: Tensão máxima no Planalto

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Rebelião contra Aras

Ao protestar contra inquérito das fake news, chefe do Ministério Público Federal deflagra reação na instituição

STJ, novo ringue de Bolsonaro

Tribunal tem papel decisivo na crise entre presidente e governadores

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

Esgares e sorrisos

Cinemateca Brasileira em questão

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

Mais textos
1

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

2

Rebelião contra Aras

Ao protestar contra inquérito das fake news, chefe do Ministério Público Federal deflagra reação na instituição

3

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

4

Bolsonaro seduz policiais militares com promessas, cargos e poder

Entre o capitão e os governadores, é preciso saber para onde irá a Polícia Militar

5

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

6

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

7

Juventude bolsonarista

A extrema direita sai do armário no Brasil

8

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

9

Maria vai com as outras #8: Ela voltou

Monique Lopes, atriz pornô e acompanhante, fala novamente com Branca Vianna, agora sobre seu trabalho durante a pandemia do novo coronavírus

10

STJ, novo ringue de Bolsonaro

Tribunal tem papel decisivo na crise entre presidente e governadores