cartas

Por onde anda Dirceu Luiz Natal?

REVOLUÇÃO

Acho que no Brasil, infelizmente, a única saída seria aparecer um novo Fidel Castro e encampar uma revolução sangrenta contra esses poderosos, criminosos que tomaram conta daqui. Num país onde apenas os mandatários podem viver sua vida e sugar o que resta da população, não existe mais esperança fora de uma revolução promovida pelo povo. A indignação e a revolta não têm como serem descritas depois que se lê essa reportagem sobre a chacina no sul do Pará (“O massacre de Pau d’Arco”, piauí_135, dezembro).

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES