colaboradores

Trabalhar cansa, mesmo com muita gente

Cesare Pavese: “Não fofoquem muito”
Cesare Pavese: “Não fofoquem muito”

Jean-Jacques Sampé [capa] é cartunista e ilustrador francês, autor, com René Gozcinny, de O Pequeno Nicolau e seus Colegas, da Martins Fontes.

Andrés Sandoval [Ilustrações em esquina], arquiteto que trabalhou em cinema, agora se dedica às artes gráficas, fazendo ilustrações, estampas e fanzines.

Kenneth Tynan (1927–1980) [Leve, alegre e triste], crítico teatral e escritor inglês, autor de A Vida como Performance, da Companhia das Letras. Introdução de John Lahr, escritor e crítico americano de teatro. Tradução de Sergio Flaksman.

Cesare Pavese (1908–1950) [Poesia], poeta e escritor italiano. Ao se suicidar, deixou o seguinte bilhete: “Perdôo a todos e a todos peço perdão. Está bem? E não fofoquem muito”. Tradução de Maurício Santana Dias. Os poemas integram o livro Trabalhar Cansa, que as editoras Cosac Naify e 7 Letras publicarão no próximo ano.

Tomás Eloy Martínez [A presidência familiar], escritor e jornalista argentino, escreveu Santa Evita (Companhia das Letras) e O Vôo da Rainha (Objetiva). Tradução de Rosa Freire D’Aguiar.

Marcos Caetano [O sátiro trocadilhista] é comentarista do canal ESPN e colunista de O Estado de S. Paulo. Ilustração do cartunista Jaguar, colunista de O Dia e autor de Ipanema, se Não me Falha a Memória, da Relume Dumará.

Marcos Sá Corrêa [Baianos pré-colombianos e Xilindró alla Volterrana], editor de piauí, é o autor de Oscar Niemeyer (Relume Dumará) e Itatiaia – O Caminho das Pedras (Metalivros). Fotos de Cláudio Gonçalves.

Danuza Leão [Morar à beira-mar], jornalista, escritora e colunista da Folha de S. Paulo, autora de Quase Tudo (Companhia das Letras).

Fernando Serapião [Morar à beira-mar] é arquiteto e editor-executivo da revista Projeto Design; as ilustrações também são de sua autoria.

Daniela Pinheiro [Mano dura e obras públicas] é jornalista de piauí.

Joe Sacco [Incursão ao mundo dos executivos], desenhista e jornalista maltês radicado nos Estados Unidos, autor de Derrotista e Uma História de Sarajevo (Conrad). Tradução de Sergio Flaksman.

Thomas Powers [Por que Bush invadiu o Iraque?] é escritor e jornalista americano, escreveu Intelligence Wars: American Secret History From Hitler to Al-Qaeda. O artigo foi publicado originalmente no The New York Review of Books. Tradução de Cheech Palminteri.

Tony Judt [Os democratas querem guerra?], historiador inglês, diretor do Instituto Eric Maria Remarque, em Nova York, é o autor de Pós-Guerra, que será lançado pela Objetiva. Tradução de Ivo Korytowski.

Pedro Corrêa do Lago [Três encontros com Borges] é bibliófilo e escritor, autor de Frans Post e Os Fotógrafos do Império, da Capivara Editora.

Dorrit Harazim [Foco distanciado], editora de piauí, dirigiu os documentários da série Travessias.

Vanessa Barbara e Emilio Fraia [Redemoinho de círculos secretos] são escritores e jornalistas do Mandaqui, em São Paulo. O texto é um trecho da novela O Verão de Chibo, que será publicada no ano que vem.

Marcel Gotlib [A morte e o desenhista], escritor e cartunista francês, edita a revista Fluide Glacial. Tradução de Rosa Freire D’Aguiar.

Leia também

Últimas Mais Lidas

STJ, novo ringue de Bolsonaro

Tribunal tem papel decisivo na crise entre presidente e governadores

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

Esgares e sorrisos

Cinemateca Brasileira em questão

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

Maria vai com as outras #8: Ela voltou

Monique Lopes, atriz pornô e acompanhante, fala novamente com Branca Vianna, agora sobre seu trabalho durante a pandemia do novo coronavírus

Autor de estudo pró-cloroquina admite erros em pesquisa

Enquanto isso, maior investigação já realizada sobre a droga reitera que não há benefício comprovado contra Covid-19 e alerta para riscos

Mortos que o vírus não explica

Belém tem quase 700 mortes a mais do que o esperado apenas em abril; oficialmente, Covid-19 só matou 117

Mais textos
1

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

2

Mortos que o vírus não explica

Belém tem quase 700 mortes a mais do que o esperado apenas em abril; oficialmente, Covid-19 só matou 117

3

Autor de estudo pró-cloroquina admite erros em pesquisa

Enquanto isso, maior investigação já realizada sobre a droga reitera que não há benefício comprovado contra Covid-19 e alerta para riscos

4

Amazônia perto do calor máximo

Pesquisa inédita revela que, acima de 32 graus Celsius, florestas tropicais tendem a emitir mais carbono na atmosfera do que absorver

5

Nem limão, nem feijões: sem milagres contra a Covid-19

Ministério Público e polícia investigam “receitas infalíveis” contra o vírus

6

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

8

Uma biografia improvável

O que são vírus – esses parasitas que nos deram nada menos que 8% do nosso DNA

9

Lockdown à brasileira

Como estados e municípios usam estratégias de confinamento com prazos e métodos distintos contra a Covid-19

10

Foro de Teresina #101: Bolsonaro sob pressão

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana