=igualdades

Mortes de gestantes e mães no pós-parto diminuíram 88% entre março e junho de 2021

Amanda Gorziza, Luigi Mazza e Renata Buono
09jul2021_17h56

Em março, 383 grávidas e mães no pós-parto morreram de Covid-19 no Brasil. Em abril, o Ministério da Saúde incluiu gestantes, puérperas e lactantes na fila prioritária da vacinação, e esse número passou a cair. Em junho, foram registradas 48 mortes. Ou seja, mortes de gestantes e mães no pós-parto diminuíram 88% entre março e junho de 2021

Nesta quinta-feira (8), o Ministério da Saúde voltou a recomendar a vacinação para grávidas e mães no pós-parto sem comorbidades. Desde maio, a imunização desse grupo estava paralisada devido a um efeito adverso grave causado em uma gestante vacinada com o imunizante da AstraZeneca. A recomendação é que agora elas sejam vacinadas com CoronaVac ou Pfizer. De acordo com a pasta, até 8 de julho, 313,2 mil gestantes em todo o país foram vacinadas.

Fonte: Observatório Obstétrico Brasileiro COVID-19

Amanda Gorziza (siga @amandalcgorziza no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Luigi Mazza (siga @LuigiMazzza no Twitter)

Repórter da piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

O mantra do negacionismo namastê

Praticantes de um estilo de vida supostamente saudável recorrem à desinformação e recusam a vacina

A única semelhança

Cientista de dados negro, preso por engano no Rio depois de reconhecimento por foto, narra os dias no cárcere e a dificuldade para ser solto

Nos erros de reconhecimento facial, um “caso isolado” atrás do outro

Presos por engano, cientista de dados, mototaxista e motorista têm algo mais em comum: são negros

Foro de Teresina #169: O vírus mal-disfarçado do bolsonarismo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Na crise climática, Congresso tira o corpo fora

Metade dos parlamentares se diz muito preocupada com o meio ambiente no Brasil, mas só 7% acham que seus colegas têm o mesmo interesse; maioria atribui a crise ao governo

Mais textos