Igualdades

Mulheres em risco

Emily Almeida e Carol Cavaleiro
17jun2019_09h04

A cada duas horas, uma mulher é assassinada no Brasil. Em meio à epidemia de homicídios, com 65,6 mil mortes por ano, os assassinatos de mulheres também crescem: em 2017, 5 mil mulheres foram mortas no país, maior número registrado desde 2007. As mortes de homens estão mais associadas à violência e atingem especialmente negros e jovens. Sobre as mortes de mulheres, é possível tipificar pelo menos um quinto desses homicídios como feminicídios – assassinatos de mulheres somente por conta do gênero.

 

Em 2007, foram registrados 10 homicídios de mulheres por dia. Em 2017, o número de casos subiu para 13,5.

 

A taxa de feminicídio por 100 mil mulheres no Brasil (0,97) é mais que o dobro que a do Reino Unido (0,42).

 

A maior taxa de homicídios de mulheres por 100 mil habitantes no Brasil está em Roraima, com 10,6. A menor está em São Paulo, com 2,2. Assim, a chance de uma mulher ser morta é cinco vezes maior em Roraima que em São Paulo.

 

O Rio Grande do Sul teve a maior taxa de lesões corporais dolosas contra mulheres em 2017: 398 por 100 mil habitantes. Isso é quase o dobro da taxa registrada no estado de São Paulo no mesmo período (221).

 

Dos casos de feminicídio registrados no Rio de Janeiro em 2018, 69% foram contra mulheres negras ou pardas; e 30% contra mulheres brancas. Ou seja, uma mulher negra tem 2,3 vezes mais chances de ser vítima de feminicídio que uma branca.

 

Em 2017, de cada 109 ocorrências de crimes associados à violência contra a mulher no Rio e Janeiro, uma resultou em prisão. Em 2018, houve uma prisão a cada 185 ocorrências.

 

O número de medidas protetivas concedidas pela Justiça para prevenir agressões a mulheres cresceu 22% entre 2016 e 2017 – a taxa por 100 mil habitantes mulheres protegidas passou de 185 para 224.

 

Fontes: Atlas da Violência; Anuário Brasileiro de Segurança Pública; Dossiê Mulher; Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ); Femicide Census; Monitor da Violência.

Emily Almeida (siga @emilycfalmeida no Twitter)

É estagiária de jornalismo da piauí. Antes, trabalhou no jornal O Globo

Carol Cavaleiro (siga @revistapiaui no Twitter)

Carol Cavaleiro é infografista.

leia mais

Últimas Mais Lidas

Boatos sobre políticas públicas serão o foco da nova edição do projeto Comprova

Iniciativa, no ar a partir de hoje, conta com a participação da piauí e de mais 23 veículos de todo o país

Falta de verbas e governo Bolsonaro ameaçam legado do SUS

Cientistas projetam piora de indicadores de saúde pública caso haja estagnação dos recursos para a área

Foro de Teresina #59: A popularidade de Bolsonaro, o Congresso após a Previdência e o espólio de Moro

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

O carteiro de Lula

Desconhecido até prisão de ex-presidente, auxiliar assume tarefa de entregar quase tudo que petista vê e lê

Vozes do levante

As batalhas de poesia que têm transformado a vida de jovens das periferias chegam à Flip

Fiador da Previdência, Maia se lança, chora e aprova reforma

Presidente da Câmara faz discurso de candidato, omite Bolsonaro e diz que vitória é do Centrão

Divino Amor – um Brasil distópico

Futuro apresentado no filme de Mascaro tem flagrantes dos dias atuais

Maia cresce no Twitter, Moro dispara e Mourão some

Vazamentos da Lava Jato mantêm ministro da Justiça como personagem do bolsonarismo mais citado na rede

Dois meses de dor e chicungunha no Rio

Casos de 2019 são mais que o dobro do total registrado em 2018; prefeitura fala em “suscetibilidade” dos cariocas ao vírus

Mais textos
1

O carteiro de Lula

Desconhecido até prisão de ex-presidente, auxiliar assume tarefa de entregar quase tudo que petista vê e lê

2

O pranto dos livros

Texto de 17 de janeiro de 1997, extraído de um dos quase cem cadernos deixados pelo autor de Formação da Literatura Brasileira

3

A redenção dos cinco

Um filme sobre os rapazes presos por um estupro que não cometeram

5

O pit bull do papai

Os tormentos e as brigas de Carlos Bolsonaro, o filho mais próximo do presidente

6

Fiador da Previdência, Maia se lança, chora e aprova reforma

Presidente da Câmara faz discurso de candidato, omite Bolsonaro e diz que vitória é do Centrão

8

Juízes expulsos receberam R$ 137 milhões em aposentadorias

Valor pago a 58 magistrados punidos com aposentadoria compulsória desde 2009 pelo CNJ daria para sustentar 1.562 aposentados do INSS

9

Falta de verbas e governo Bolsonaro ameaçam legado do SUS

Cientistas projetam piora de indicadores de saúde pública caso haja estagnação dos recursos para a área

10

Foro de Teresina #59: A popularidade de Bolsonaro, o Congresso após a Previdência e o espólio de Moro

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana