rádio piauí

Maria vai com as outras #3: A tirania do botão

Uma deputada estadual e uma estagiária de direito contam como o que escolhem no guarda-roupa afeta sua rotina de trabalho, seu bolso e sua relação com colegas, patrões, parceiros, família e amigos

25fev2019_06h00
As convidadas Carol Mendes e Paulinha, pelo traço do ilustrador Caio Borges
As convidadas Carol Mendes e Paulinha, pelo traço do ilustrador Caio Borges

No terceiro episódio desta temporada, uma estudante de direito e uma deputada estadual falam de como se vestir para trabalhar pode ser uma escolha decisiva para suas carreiras, representando desde sinal de competência e preparo até falha de caráter.

Carol Mendes, no décimo período de direito na UFRJ, estagia em um banco de investimento e reserva parte do curto orçamento para comprar roupas consideradas apropriadas ao ambiente de trabalho.

Já a deputada estadual Ana Paula Silva, mais conhecida como Paulinha, do PDT de Santa Catarina, ficou conhecida nacionalmente como a parlamentar que recebeu ofensas por causa da roupa que vestia no dia da sua posse na assembleia.

Bloco 1
Carol tem 23 anos e está estagiando pela terceira vez. Já passou pela Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, pelo departamento jurídico de uma rede hoteleira e agora trabalha em um banco de investimento. Nasceu em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo, e se mudou para o Rio de Janeiro ao passar no vestibular de direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Parte significativa de seu orçamento mensal – que se restringe à sua bolsa-estágio – é alocada aos cuidados com a aparência, entre cabelo, unhas e roupas formais. No primeiro bloco do programa ela conta como percebeu que “se vestir bem” era mais uma das suas tarefas diárias.



Bloco 2
Paulinha já foi duas vezes prefeita de Bombinhas, cidade no litoral de Santa Catarina. Candidata pelo PDT, em 1º de fevereiro deste ano tomou posse como deputada estadual – e comprou um macacão vermelho especialmente para a ocasião. Uma foto da posse foi publicada na internet e, em algumas horas, dezenas de homens e mulheres responderam às imagens nas redes sociais com comentários ofensivos, jocosos, e que questionavam a capacidade profissional da nova parlamentar. No segundo bloco deste episódio, ela fala sobre as reflexões que este episódio trouxe para  sua vida.

 

O Maria vai com as outras tem um grupo de debate no Facebook. Clique aqui para participar. Estamos também no Twitter. Siga nosso perfil neste link.

O programa vai ao ar quinzenalmente às segundas-feiras pela manhã. Para ouvir a primeira temporada, acesse a página do podcast. O Maria também está disponível em tocadores como o Spotify e Apple Podcasts.

*

Ficha técnica:
Apresentação: Branca Vianna
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez e Mari Faria
Edição: Mari Romano
Finalização e mixagem: João Jabace
Coordenação digital: Kellen Moraes
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Luigi Mazza e Julia Sena
Transcrição: Isabel Scorza e Ana Paula Martini
Engenheiro de som: Danny Dee
Gravado no estúdio Rastro

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Praia dos Ossos: ouça o sexto episódio

Podcast original da Rádio Novelo reconta o assassinato de Ângela Diniz

Cães, gatos e coronavírus

Estudo pesquisou se cachorros e felinos domésticos contraem o Sars-CoV-2, se transmitem para outros cães...

Foro de Teresina #122: O Rap, o futebol e uma cueca cheia de dinheiro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Praia dos Ossos: quinto episódio já está disponível

Podcast original da Rádio Novelo é publicado aos sábados

A força da gravidade genética

Muito antes de contraírem o Sars-CoV-2, milhares de pacientes de Covid-19 já estavam condenados a...

Foro de Teresina #121: Com o Centrão, com tudo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Praia dos Ossos: quarto episódio já está disponível

Podcast original da Rádio Novelo é publicado aos sábados

A geopolítica da vacina

Os países que compraram vacinas de diferentes fornecedores reduziram seu risco, e os que apostaram...

Foro de Teresina #120: As pedaladas de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Um remédio que evita a internação

Eli Lilly anuncia que, em testes clínicos, um anticorpo monoclonal criado pelo laboratório reduziu em...

Mais textos
4

Maria Vai Com as Outras #4: Gênero, número e raça

Empresária do ramo da beleza e uma doutora em psicologia explicam como as grandes empresas veem, recebem e remuneram a mulher negra

6

Camaradas!

O PCB existe, luta e não entrega os pontos

7

Incomum, decisão pró-Bretas envolveu falha judiciária

Ao menos 19 juízes não conseguiram da Justiça duplo auxílio-moradia; AGU levou 29 meses para recorrer de sentença a favor de Bretas

9

Em defesa dos adjetivos

Ditadores e generais costumam dispensar tudo o que não seja verbo e substantivo

10

Maitê Proença tira sutiã contra botox de Álvaro Dias

FINA ESTAMPA - O sucesso do vídeo contra a usina de Belo Monte botou em polvorosa os atores globais. Nos últimos quatro dias, 14.329 vídeos foram gravados com opiniões contra e a favor da unha encravada, da comida orgânica, da ilha de Capri, de assessores de imprensa e de cremes para as mãos, entre outras dezenas de assuntos. "A população brasileira não pode ficar às cegas", explicou William Bonner, que gravou um depoimento defendendo as mechas brancas nos cabelos de âncoras de telejornais do horário nobre.