questões musicais

Top 10

Evandro Mesquita
02jan2012_13h43

Nessa semana, ainda sobre efeito das festas de fim de ano, destaco a música de músicos que com pouco seguram muita onda e conseguem a magia da conexão, quase espiritual com o público. Acho que desde a pré-história, quando alguém da tribo solava numa pedra “um batuque de lascar…” como já dizia Assis Valente. Que bom que existem milhares de exemplos e gêneros distintos. E músico e música boa não tem prazo de validade.

Aí vai meu TOP 10 dessa noite em que teclo essas apressadas linhas.

1- Chet Baker Sings (foi o mais recente LP, de 180 gramas, que comprei).

2- João Gilberto (60’s TV) “Samba da minha terra”, em preto e branco… Mas suingando colorido e delicioso.



3 – E com Tom Jobim, 30 anos depois, no Theatro Municipal do Rio, eu estava lá… Depois de hilários incidentes, tivemos momentos deliciosos como “Desafinado” apresentado pelos dois. Vale a revisitada.

4 – Canhoto da Paraíba

Uma vez no Recife, ainda nos anos 70, eu estava apresentando uma peça com Asdrubal Trouxe O Trombone, não lembro se Trate-me Leão ou Aquela Coisa Toda. Fui assistir ao show do Paulinho da Viola que, como se não bastasse, tinha como convidado o Canhoto da Paraíba. Não conhecia. Fiquei impressionado com a maneira como ele tocava. Ele contou que aprendia no violão do pai enquanto trabalhava. Não dava tempo de inverter as cordas, porque perderia muito tempo. Então ele desenvolveu um método para tocar com as cordas invertidas. E toca de um jeito pra John McLaughlin nenhum botar defeito.

5 -Yamandu Costa e Armandinho.

Dispensam comentários. Diálogo virtuoso com alma e suingue.

6 – Pepeu Gomes e João Bosco num programa de TV, acho que nos anos 80.

7 – Lá fora tem uma fera do blues, chamado Steve Seasick, É O PRÓPRIO HOMEM BAILE:

8 – Uma gratíssima surpresa do underground fértil é Tulipa Ruiz com personalidade, boa voz, rimas ricas e espertas cantando “Às vezes”.

9 – Um achado bacana é a versão de “Samba da Benção” do Criolo, Terra Preta e o filho do Baden, Marcel Powell

10 – Pra fechar a noite… Ou o dia… O maravilhoso “Taj Mahal”

Sugestão do dia:

Corrina, Corrina

My Creole Belle
Fisshing’ Blues

P.S. APP BLITZ, para IPhone e IPad com discografia completa, fotos, fatos, agenda e etc… E é tudo FREE, Baixa lá que eu baixo aí!

Evandro Mesquita

Leia também

Últimas Mais Lidas

“Mamadeira de piroca” versão 2020

Monitoramento em oito capitais mostra como candidatos conservadores acusaram adversários usando “ideologia de gênero”

Inválidos, Paes e o Bispo

Paes derrota Crivella em todas as 49 zonas eleitorais, mas perde para abstenções em números absolutos

Foro ao vivo no 2º turno: o que concluir das eleições

Podcast de política da piauí fez um balanço do resultado das eleições municipais; a íntegra do programa ao vivo está disponível no YouTube

Jogada pela direita rumo a 2022

DEM e MDB saem fortalecidos do segundo turno diante de derrotas petistas e de um bolsonarismo menos enraizado do que se previa em 2018

PT saudações

Partido do ex-presidente Lula perde prefeituras e vereadores e fica fora das capitais; para cientista político, "polarização afetiva" ajuda a explicar rejeição à legenda

Nas redes, deu Boulos; nas urnas, Covas

Candidato do Psol foi maior surpresa das mídias sociais na eleição este ano 

Redes bolsonaristas mentem mais sobre eleição

Boatos sobre fraudes na votação e nas urnas eletrônicas se espalharam em novembro, estimulados por apoiadores do presidente e pelo próprio Bolsonaro

Mais textos
2

A metástase

O assassinato de Marielle Franco e o avanço das milícias no Rio

3

Lições de literatura e sociedade

Antonio Candido fala sobre o fazendeiro Pio e a invasão da USP

4

Na cola de quem cola

A apoteose da tecnologia e o adeus aos estudos

7

Incompreendido e compreendido

A briga, a separação, começam aí, assim, entre dois filmes como que realizados a quatro mãos, até que a fita de celuloide que os unia, se parta e as luzes se acendam.

8

Um teto todo seu

Conquistas de uma blogueira

9

Departamento de apelidos da Odebrecht exportará tecnologia

A capacidade produtiva do departamento de apelidos da Odebrecht chamou atenção do mercado internacional.