Ver dados da foto ILUSTRAÇÃO: NEGREIROS_2017

Utopia e pragmatismo

Uma resposta a Ruy Fausto
Samuel Pessôa
Tamanho da letra
A- A+ A
ILUSTRAÇÃO: NEGREIROS_2017

Exclusivo para assinantes.
Não assinante: leia na revista impressa ou no aplicativo

Oleitor da piauí que tiver nos acompanhado até aqui – a mim e ao professor Ruy Fausto, em nosso debate sobre os dilemas da esquerda brasileira – talvez tenha notado a diferença fundamental que nos separa. Eu e Fausto falamos de dois lugares muito diferentes.[1] Seria ligeiro dizer que ele, o filósofo, é de esquerda, enquanto eu, o analista econômico, represento a direita.

A divergência a que me refiro é mais específica, embora provavelmente se relacione também com nossa oposição ideológica. Em seus artigos, Fausto propõe reorganizar a produção e a distribuição da riqueza de uma forma radicalmente diferente de tudo o que já se viu até hoje no mundo, em qualquer época ou sociedade. Defende a preservação da propriedade privada e, ao mesmo tempo, a “neutralização do capital”. É partidário da democracia representativa, mas é também anticapitalista. Sugere estatizar o “grande capital” e apoiar cooperativas e experiências de economia solidária.

Essa liberdade permite a Fausto desconsiderar restrições que para mim são incontornáveis. Sua posição idealista ou utópica o deixa livre para imaginar mundos radicalmente distintos do que a evidência empírica indica ser possível. Mundos que são, evidentemente, muito melhores do que este em que nos coube viver.

SÓ PARA ASSINANTES.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site, inclusive imagens, logotipos, fotografias e podcasts, são de propriedade da revista piauí ou de seu criador original. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo aqui disponibilizado, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia da revista ou do titular dos direitos autorais.

ASSINANTE PIAUÍ

Use o mesmo e-mail e senha cadastrados no site da Ed. Abril no ato da assinatura. Esqueceu a senha ou o e-mail ?