Igualdades

Autoridades pelos ares

Emily Almeida, Amanda Rossi e Renata Buono
19ago2019_09h03

Estar na linha sucessória da Presidência do Brasil ou mesmo ocupar um posto de ministro dá direito a um privilégio aéreo: solicitar voos para a Força Aérea Brasileira (FAB), nacionais ou internacionais. Ao longo dos sete primeiros meses do governo de Jair Bolsonaro, 28 autoridades requisitaram 727 voos para a FAB – mais de três por dia. Quem mais fez pedidos foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Considerado um dos principais articuladores da Reforma da Previdência, Maia acumulou um sexto de todos os voos. Não é possível saber o custo das viagens, mantido sob sigilo por cinco anos. Além disso, a FAB não divulga os voos do presidente e do vice. O =igualdades desta semana apresenta quem são as autoridades que mais cruzaram os ares com a FAB e quais foram os trajetos mais frequentes.

Os presidentes da Câmara, do Senado, do Supremo e todos os ministros podem solicitar aeronaves da FAB. De janeiro a julho deste ano, foram 727 voos – excluindo as escalas. Desses, 122 atenderam Rodrigo Maia

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, foi o segundo que mais solicitou voos da FAB. Para cada 2 voos militares de Rodrigo Maia, Terra realizou 1.

A cada 5 vezes que Osmar Terra voou com a FAB, o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro voou 1 vez.



O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é a autoridade que foi para mais destinos diferentes. Sem contar os retornos para Brasília, voou 23 vezes para o Sudeste, onde vive, 8 para o Norte, 5 para o Nordeste, 3 para o Centro-Oeste, 3 para o Sul e 2 para o exterior

As autoridades transportadas pela FAB foram 208 vezes para o Sudeste e 187 vezes para todas as demais regiões juntas – excluídos os retornos para Brasília.

O principal motivo alegado para solicitar voos à FAB é trabalho. Apenas Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Davi Alcolumbre, presidente do Senado, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, pediram mais de um voo alegando necessidades de segurança, além do motivo de serviço. Praticamente todos os voos de Toffoli e Guedes estão nessa categoria. Já no caso de Alcolumbre, pouco mais da metade.

O ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo é quem acumulou a maior quilometragem em voos da FAB este ano: 168,4 mil. Isso equivale a 4,2 voltas na Terra.

De janeiro a julho, todos os voos realizados pela FAB a pedido das autoridades percorreram 947 mil quilômetros. É suficiente para dar 24 voltas na Terra.

 

Fonte: Força Aérea Brasileira

Emily Almeida (siga @emilycfalmeida no Twitter)

Repórter da piauí

Amanda Rossi (siga @amanda_rossi no Twitter)

Jornalista, trabalhou na BBC, TV Globo e Estadão, e é autora do livro Moçambique, o Brasil é aqui

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

leia mais

Últimas Mais Lidas

Vacina sim, mas qual?

O uso disseminado de máscaras pode expor a população a quantidades minúsculas de Sars-CoV-2 e aumentar a proporção de casos assintomáticos de Covid-19?

Onde há fumaça…

… há o Pantanal em chamas, um vírus disseminado e o abandono da cultura – as marcas do governo do capitão

A primeira onça

Biólogo relata dia a dia de expedição para rastrear felinos e mergulha em região do Pantanal onde a ameaça do fogo convive com um pedaço de natureza que ainda resiste

Vacina a jato

Contra a Covid-19, empresas e OMS analisam liberar produto com 60% de eficácia, mas pesquisadores debatem riscos éticos e sanitários

A Bíblia e a bala

Nas polícias, setores evangélicos pentecostais dão sustentação às posições mais radicais do bolsonarismo

No meio do fogo, entre o atraso e o retardante

Diante do avanço das queimadas no Pantanal, governo de Mato Grosso apela a produto químico de efeitos ainda desconhecidos no meio ambiente após longo tempo de uso

Mais textos
1

R$ 0,46 no tanque dos outros

Agora, caminhoneiros grevistas usam WhatsApp para defender queda da gasolina, de Temer e da democracia

2

A vida e a morte de uma voz inconformada

Os últimos momentos de Marielle Franco, a vereadora do PSOL executada no meio da rua no Rio de Janeiro sob intervenção

4

Ray Kurzweil e o mundo que nos espera

Uma entrevista com o inventor e futurólogo americano

5

90

7

Cientistas em rede

Em tempos de web 2.0, os pesquisadores interessados em interagir com colegas de todo o mundo com quem dividem os mesmos interesses acadêmicos têm à sua disposição uma série de plataformas para trocar informações sobre novos estudos e congressos. O ecossistema das redes sociais para cientistas está cada vez mais diverso. Entre serviços parecidos com o Facebook e portais para o compartilhamento de arquivos, tem opções para todos os gostos – inclusive para quem busca uma alma gêmea num laboratório.

9

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

10

Military Fashion Week

Nelson Jobim übersexy e hiperbélico no the piauí herald