rádio piauí

Foro de Teresina #134: Sem vacina, sem Trump, sem nada

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

22jan2021_10h40
ILUSTRAÇÃO: CARVALL
ILUSTRAÇÃO: CARVALL

O Foro de Teresina discute a escassez de vacinas no Brasil, as possibilidades do impeachment de Bolsonaro e o que a posse de Joe Biden representa para o governo brasileiro.

Bloco 1: Tem, mas acabou
O país finalmente começou a vacinar contra a Covid, mas o número de doses não basta nem para vacinar o grupo prioritário do plano de imunização. O Brasil agora depende da China para conseguir insumos que permitam continuar a produção nacional de vacinas.

Bloco 2: O impeachment na praça outra vez
O drama de Manaus e o fiasco das vacinas trazem o impeachment de volta ao debate público, enquanto Bolsonaro vê sua popularidade cair um pouco mais. As eleições no Congresso e a degradação da economia podem definir o futuro do presidente.

Bloco 3: Cachorro sem dono
Trump sai do poder e Joe Biden toma posse como presidente dos Estados Unidos, o que deve agravar o isolamento do Brasil na política internacional, com consequências para a economia.

> Links citados neste episódio:

O depoimento da epidemiologista Margareth Dalcomo sobre a escassez de vacinas no Brasil;  

A reportagem do New York Times sobre como as variantes do coronavírus podem trazer desafios para as vacinas; 

A reportagem de Malu Gaspar e Thais Bilenky para o site da piauí sobre a inclusão de médicos veterinários no grupo prioritário da vacina;

O editorial do Estadão sobre os crimes de responsabilidade de Bolsonaro;

A sessão =igualdades do site da piauí, que dimensiona o impacto da saída da Ford do Brasil;

A pesquisa do PoderData com os índices de popularidade do governo Bolsonaro.

*

O Foro de Teresina tem novos episódios sempre às sextas, a partir das 11 horas. Você encontra o podcast em tocadores como Spotify e Apple Podcasts buscando pelo nome do programa ou pode acessar a página do Foro no site da piauí. Toda semana, lançamos no YouTube o Foro Privilegiado, com os bastidores do episódio da semana. 

>Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo, Thais Bilenky e Bernardo Esteves
Coordenação geral: Paula Scarpin
Direção: Luigi Mazza
Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado
Produção: Mari Faria e Marcos Amorozo
Apoio de produção: Clara Rellstab, Vitor Hugo Brandalise, Renan Sukevicius e Claudia Holanda
Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Carvall
Teaser (Foro Privilegiado): Mari Faria
Distribuição: Marcos Amorozo
Coordenação digital: Kellen Moraes e Juliana Jaeger
Checagem: Plínio Lopes

Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

 



mais rádio piauí

Últimas

Foro de Teresina #150: Da pedalada à tratorada

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #149: O Congresso entre a CPI, Bolsonaro e Lula

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #148: De Posto Ipiranga a loja de conveniência

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #147: Os madeireiros, os caras de pau e as chantagens

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #146: Mortes demais, vacinas de menos

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #145: Com fome, com sufoco, com tudo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #144: Novos generais, velho truque

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Luz no Fim da Quarentena: Variante sul-africana burla vacina

Estudo publicado e revisado demonstrou que eficácia do imunizante da AstraZeneca contra a cepa...

Foro de Teresina #143: Bolsonaro entre Lula, o Arenão e 300 mil mortos

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Luz no Fim da Quarentena: Variante mortífera

Pesquisa com 110 mil pacientes de Covid-19 demonstra que B1.1.7, a variante inglesa, é...

Mais textos