rádio piauí

Foro de Teresina #163: Bolsonaro engolido pela própria fumaça

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

13ago2021_10h46
Ilustração de Carvall
Ilustração de Carvall

O desfile dos tanques da Marinha tinha como objetivo mostrar a força de Jair Bolsonaro, mas, com a derrota do governo na PEC do voto impresso, causou o efeito contrário. O Foro de Teresina analisa esse episódio e explica os efeitos da mais recente reforma eleitoral que usou o distritão como “bode na sala” para trazer de volta as coligações partidárias. E comenta ainda o relatório do Painel do Clima da ONU, que antecipou os impactos do aquecimento global no mundo. 

 

Bloco 1: Os tanques e as emendas
Na intenção de pressionar o Congresso a desacreditar a urna eletrônica e mostrar poder, Bolsonaro convocou uma inédita parada militar na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Na terça-feira, 10, tanques e carros blindados da Marinha desfilaram diante do presidente, mas a apresentação virou chacota nas redes sociais e na imprensa. No mesmo dia, a PEC do voto impresso foi engavetada. Ainda que não tenha sido aprovada, a matéria recebeu o apoio de 229 deputados que não têm interesse em se opor ao governo e perder seu quinhão na distribuição de emendas parlamentares. 

Thais: O que estava mesmo calibrado naquele dia não eram os tanques que estavam na Esplanada, mas sim as emendas do relator que garantem a fidelidade de muitos deputados ao governo Bolsonaro. 

Bloco 2: A volta dos que não foram
Em uma votação relâmpago na noite de quarta, 11, a Câmara dos Deputados aprovou alterações nas regras eleitorais para os pleitos de 2022 e 2026. A principal mudança foi a volta das coligações partidárias, extintas em 2017. O distritão – que daria vantagens aos candidatos mais famosos e diminuiria a representatividade no parlamento – não passou, mas foi usado como moeda de troca nas negociações. 

Fernando: Há muita imprevisibilidade. As coisas são feitas sem discussão, a sociedade fica sem entender as consequências, e a gente vai mudando tudo. Isso constrói uma imagem de institucionalidade muito frágil e débil. 

Bloco 3: Tá pior, vai piorar
O relatório mais recente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC, na sigla em inglês) apontou que as consequências do aquecimento global são irrefutáveis, irreversíveis e levaram a um aumento de 1,07ºC na temperatura do planeta. E o governo Bolsonaro, que vem arruinando políticas de preservação ambiental, pode colocar em risco até mesmo o agronegócio. Estiagem, mudanças bruscas de temperatura e a transformação do Cerrado em Savana estão entre os problemas anunciados por ambientalistas e economistas ligados ao setor. 

Toledo: O cenário é de uma catástrofe climática, com chuvas intensas e secas históricas, não tem água para gerar energia elétrica. Ainda assim, o governo dos negacionistas climáticos continua fazendo tudo errado. 

> Links citados neste episódio:

A reportagem do jornal britânico The Guardian com a repercussão das críticas ao desfile militar da Marinha;

O tuíte da psicanalista e colunista da Folha Vera Iaconelli sobre o péssimo estado dos tanques usados no desfile militar; 

A reportagem que traz a redução na estimativa da safra de grãos no Brasil;

A reportagem de Luigi Mazza para a piauí_179 escancarando o sucateamento na gestão da educação durante o governo Bolsonaro;

A seção =igualdades do site da piauí, com a análise das desigualdades no acesso ao ensino no Brasil durante a pandemia. 

 *

O Foro de Teresina tem novos episódios sempre às sextas, a partir das 11 horas. Você encontra o podcast em tocadores como Spotify, Apple Podcasts, Deezer, Google Podcasts, Cast Box e Amazon Music buscando pelo nome do programa, ou pode acessar a página do Foro no site da piauí. Toda semana, lançamos no YouTube o Foro Privilegiado, um teaser com os bastidores de cada episódio. 

>Ficha técnica:

Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky
Coordenação geral: Paula Scarpin
Direção: Mari Faria
Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado
Produção: Marcos Amorozo
Apoio de produção: Claudia Holanda
Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Carvall
Teaser (Foro Privilegiado): Mari Faria
Distribuição: Marcos Amorozo
Coordenação digital: Kellen Moraes e Juliana Jaeger
Checagem: João Felipe Carvalho

Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

mais rádio piauí

Últimas

Foro de Teresina #168: Bolsonaro janta os salvadores da pátria

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #167: Bolsonaro ressuscita Temer

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #166: Em marcha para a escuridão

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #165: Rachadinha ou morte

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #164: Bolsonaro abandona seus caninos

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #163: Bolsonaro engolido pela própria fumaça

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #162: O vale-tudo de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #161: Bolsonaro, o Arenão e suas obras

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #160: Arenão toma poder dos militares

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #159: Militares blefam, civis pagam pra ver

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos