The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Sarney decide encerrar a carreira

14fev2011_14h24

BRASÍLIA – Em entrevista ao Fantástico de ontem, o senador José Sarney anunciou que abandonará a política. "Eu queria continuar, mas não consigo. Penso na nomeação de uma prima de terceiro grau, mas não executo como quero. Tá na hora. Mas foi lindo pra caramba", disse, emocionado, a Patrícia Poeta.

Nos últimos meses, Sarney passou por três artroscopias no bigode, uma dolorosa cirurgia de religamento de Furnas, reclamou da perseguição de colunistas e teve pouco tempo para se dedicar à literatura. "Há quatro anos, no Maranhão, descobri que tinha um distúrbio, que se chama hipoclientelismo, que acelera o seu fisiologismo e que, para controlar, tenho que fazer nomeações que não são permitidas. Mas não guardo mágoa com quem fez chacotas com o meu adesismo", disse Sarney.

Fontes egípcio-maranhenses garantem que o senador ficou desgostoso com o afastamento de Hosni Mubarak do poder. “Depois de tanto sacrifício pessoal, de tanta tinta gasta no cabelo, foi muito triste vê-lo sair pela porta dos fundos da pirâmide”, teria dito Sarney a Berlusconi no final de semana.

Relembre os momentos marcantes da carreira de Sarney




Sarney e Ulisses pleitearam dois cargos no céu antes de autorizarem o PMDB a votar a favor dos Dez Mandamentos.


Pinturas rupestres encontradas ao norte do Maranhão evidenciam privilégios concedidos a neandertais providos de bigode.


Sarney teria advertido Julio Cesar: "em vez de ir ao Senado nos idos de março, nomeie meu primo corregedor". Como César não o atendeu, Sarney se aliou a Brutus e foi ao Senado armado com uma peixeira.


Até então apoiando os portugueses, Sarney passou para o lado de Dom Pedro em 7 de setembro de 1822


Sarney apoiou Getúlio Vargas até no suicídio. Em troca, nomeou toda diretoria da CSN

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.