João Santana pede para PF refazer o briefing

22fev2016_16h28

PANAMÁ – Famoso por ter levado o nome Brahma para o primeiro lugar de todos os prêmios Top of Mind, João Santana foi recrutado hoje para comandar o departamento de marketing da Polícia Federal. “Não entendi direito esse call to action. Qual o target? Eles terão que refazer o briefing“, disse Santana, após comandar um brainstorm com outro criativo a fim de bolar sua estratégia de defesa.

De acordo com o relatório da Polícia Federal, Santana é acusado de enviar uma mala direta – contendo milhões de dólares – para o Panamá. “Ninguém aguenta mais spam em pleno século 21”, desabafou o juiz Sergio Moro, enquanto analisava o caso. Há suspeitas de que Santana também esteja envolvido em atos ilícitos de proporções ainda maiores: “Tenho à minha disposição indícios de que João Santana criou o cartão C&A”, completou Moro.

Publicitários brasileiros emitiram suas opiniões sobre o mandado de prisão temporária expedida pela PF. “A primeira condenação a gente nunca esquece”, lamentou Washington Olivetto. Ávidos por resgatar a dignidade da profissão, marqueteiros paulistas bolaram uma campanha em que políticos condenados aparecerão vestidos de mamíferos da Parmalat.

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.