The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Paulo Guedes propõe criar Vacinata com vacina vencida

02jul2021_17h54
“Dá pra fazer trilhão com a privatização da Vacinata”, disse Guedes –
“Dá pra fazer trilhão com a privatização da Vacinata”, disse Guedes – Foto: Romeu Escanhoela / Fotos Públicas

CHICAGO CHERNOBOY – “Você vê uma ampola de vacina de um classe média europeu, que já enfrentou duas guerras mundiais, são ampolas relativamente pequenas. E as nossas aqui, nós fazemos a vacinação onde às vezes há uma sobra enorme, e isso vai até o final, que é a vacinação da classe média alta, até lá há excesso.” A declaração foi dada hoje pelo ministro da Eugenia Paulo Guedes, durante o lançamento da Vacinata, a vacina do governo Bolsonaro feita só com sobras de vacinas vencidas.

“A gente pegou aquela ideia da farinata do Dória, que obviamente não deu certo porque ali era um regime comunista, e adaptou”, explicou Guedes, enquanto era aplaudido por 200 industriais que se vacinaram nos Estados Unidos. “E vamo combinar uma coisa, né? Tava todo mundo indo pro SUS tomar Pfizer, empregada doméstica tomando Pfizer, uma festa danada. Pera aí. Vai tomar uma AstraZeneca vencida, ou uma Vacinata. Vai para Cachoeiro do Itapemirim conhecer onde o Roberto Carlos tomou a vacina quádrupla.”

Segundo fontes ligadas ao governo, a ideia surgiu após reunião de funcionários do Ministério da Saúde com a Associação dos Atravessadores de Vacina do Distrito Federal, que faziam lobby pelo superfaturamento de restos de vacina. “Se você já ganha 1 dólar de propina sobre uma ampola de Sinovac, imagina quanto não dá pra ganhar com o que sobra das outras?” perguntou um ex-PM escalado pelo governo para negociar com a OMS.

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.