rádio piauí

Maria vai com as outras #4: Profissão família

A jornalista Leticia Nascimento, o radialista Paulinho Coruja e a atriz Vanessa Lóes contam como deixaram suas carreiras para cuidar dos filhos e da vida doméstica

16jul2018_08h00
Leticia Nascimento, Paulinho Coruja e Vanessa Lóes, convidados do quarto episódio, pelo traço do ilustrador Caio Borges
Leticia Nascimento, Paulinho Coruja e Vanessa Lóes, convidados do quarto episódio, pelo traço do ilustrador Caio Borges

Tida como a mais sagrada das atribuições femininas, a maternidade pode mudar o rumo ou atropelar a vida profissional de uma mulher. E os filhos ainda pedem novos horários e demandas na rotina antes estabelecida de um casal. Por isso, o Maria vai com as outras esteve com duas mães e um pai para falar sobre essa tarefa que, de tão complexa, é a única a reunir sofrimento e paraíso numa só frase.

Na conversa com Branca Vianna, as mães Vanessa Lóes e Leticia Nascimento e o pai Paulinho Coruja contam como deixaram suas vidas profissionais para cuidar da vida doméstica.

Bloco 1

Desde que se mudou com a família para Londres, em 2011, a jornalista Leticia Nascimento parou de trabalhar e passou a cuidar das duas filhas em tempo integral. Uma oportunidade de emprego do marido na capital inglesa impôs a ela o dilema de encontrar sua própria identidade fora do mercado de trabalho. Feminista declarada, Leticia conta que enfrentou estigmas por escolher a vida doméstica, mas que, mesmo após sete anos, continua encontrando prazer em se dedicar à família.

Bloco 2

Pai de três filhos e dono de casa, Paulinho Coruja assumiu os afazeres domésticos da família após ter perdido o emprego de radialista em 2017. Hoje, concilia as tarefas de casa e os horários dos filhos com a profissão de barbeiro. Por cuidar das crianças, função associada às mulheres, já ouviu muitos comentários machistas e pôde notar o chamado “efeito pedestal”: sendo homem, é reconhecido por ações pelas quais uma mulher jamais receberia um elogio.

Bloco 3

A atriz Vanessa Lóes deixou a profissão de lado gradativamente após ter se tornado mãe. Quanto mais sentia necessidade de estar com os três filhos, mais diminuía o ritmo de trabalho e recusava papéis em novelas. Hoje, é responsável por cuidar da casa e das crianças, enquanto seu marido, o também ator Thiago Lacerda, cuida das finanças. Criada por mulheres independentes, ela conta que passou por um período de insegurança até escolher se dedicar integralmente à família.

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Maria vai com as outras vai ao ar quinzenalmente às segundas-feiras pela manhã. Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.
 iTunes: clique aqui.
SoundCloud: clique aqui.
 YouTube: clique aqui.
 Resultado de imagem para stitcher icone Stitcher: clique aqui.
Resultado de imagem para rss Feed: é possível acompanhar o Maria vai com as outras por outros agregadores. O RSS direto do podcast é http://mariavaicomasoutras.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast nos tocadores? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:

Apresentação: Branca Vianna
Produção: Paula Scarpin
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes e Luigi Mazza
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

A Terra é redonda: Coroa de espinhos

Especialistas discutem quem é o inimigo que está prendendo bilhões em casa e como vamos...

Foro de Teresina #94: A subnotificação do vírus, Bolsonaro acuado e a economia desgovernada

O podcast de política da piauí comenta os principais fatos da semana...

Maria vai com as outras #4: Profissionais do Cristianismo

Uma pastora Batista e uma freira Agostiniana contam sobre rotina, compromissos, sustento e planejamento...

Foro de Teresina #93: O Brasil de quarentena, o isolamento de Bolsonaro e a economia à deriva

O podcast de política da piauí comenta os principais fatos da semana

A Terra é redonda: O fim da picada

O que a mortandade de abelhas tem a ver com a liberação recorde de agrotóxicos?

Foro de Teresina #92: A escalada mortal do vírus, antidepressivo para a economia e o governo mascarado

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Maria Vai Com as Outras #3: O procedimento

No terceiro episódio desta temporada, três mulheres contam como e quando decidiram fazer um aborto

Foro de Teresina #91: A pandemia, a crise econômica e as ameaças de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

A Terra é redonda: O mundo dá voltas

Os terraplanistas estão se aproximando do poder: chegou a hora de falar deles

Foro de Teresina #90: O golpismo de Bolsonaro, a polícia política e a Super Terça americana

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos
2

E se ele for louco?

Suspeitar da sanidade mental de Bolsonaro não permite encurtar caminho para afastá-lo; saída legal é o impeachment

4

Resultado de teste de covid-19, só um mês depois do enterro

Se Brasil repetir padrão chinês, hospitalizações por síndromes respiratórias graves apontam para 80 mil casos no país

6

Não tenho resposta para tudo

A vida de uma médica entre seis hospitais e três filhos durante a pandemia

7

Direito à despedida

As táticas de médicos e famílias para driblar a solidão de pacientes de covid-19 nas UTIs

8

Separados pelo coronavírus

Ao falar contra isolamento, Bolsonaro surpreende até Bannon, favorável à quarentena total; no Brasil, cúpula do Congresso teme autoritarismo e evita confronto direto

9

Onze bilhões de reais e um barril de lágrimas

Luis Stuhlberger, o zero à esquerda que achava que nunca seria alguém, construiu o maior fundo multimercado fora dos Estados Unidos e, no meio da crise, deu mais uma tacada

10

Uma esfinge na Presidência

Bolsonaro precisa do impeachment para fazer sua revolução