esquina

Bósnia no ataque

Os maiorais do vôlei sentado

João Pedro Soares
ILUSTRAÇÃO: ANDRÉS SANDOVAL_2016

Foi o levantador Sabahudin Delalić quem marcou o ponto da medalha. Sentado na quadra com uma perna dobrada para trás e a outra para a frente, o capitão da seleção da Bósnia-Herzegovina ergueu os braços e bloqueou a cortada do atacante iraniano. A bola ainda resvalou num defensor antes de sair. A equipe dos Bálcãs fechou o quarto set por 25 a 15 e conquistou o ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012.

Potência no vôlei sentado, o time masculino da Bósnia-Herzegovina venceu as últimas nove edições do campeonato europeu e é o atual campeão do mundo. “Sempre que entramos numa competição com os caras, já sabemos que chegaremos, no máximo, em segundo lugar”, declarou Lukas Schiwy, da seleção alemã, ao receber a notícia de que sua equipe integraria o mesmo grupo dos bósnios nas eliminatórias para os Jogos do Rio. Fazendo jus à previsão mais otimista, a Alemanha se classificou justamente em segundo.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES

João Pedro Soares

É jornalista freelancer, correspondente da Deutsche Welle no Brasil e sócio da Agência Andante

Leia também

Últimas

Queridos, encolhi o país

Brasil piorou em PIB, renda per capita, indicadores de saúde e educação

Passou a boiada e agora chama a polícia

Bolsonaro desmonta sistema de fiscalização ambiental e, pressionado por Biden, diz que Força Nacional vai combater desmatamento

A cada 15 minutos, um Henry pede socorro

Serviços de saúde atendem por ano quase 33 mil crianças de até 9 anos com sinais de violência física, sexual ou psicológica; em cada quatro agressões, três acontecem dentro de casa

Temas recorrentes, tragédias perenes

A Última Floresta documenta, com olhar antropológico, aldeia na terra Yanomami

É praia, é piscina, é viagem oficial!

As equipes precursoras de Bolsonaro aumentam o número de dias das viagens e aproveitam para fazer turismo às custas do dinheiro público

Sem clima pra boiada

Conferência de chefes de Estado quer metas concretas de redução do desmatamento ilegal; estratégia bolsonarista atropela acordos com Biden

Mais textos