esquina

Exilados do sexo

Página em rede social enfrenta tabus sobre sexualidade feminina

Lianne Ceará
CREDITO: ANDRÉS SANDOVAL_2021

Em 2014, a jornalista brasileira Isabelle Bedê viajou de Fortaleza, sua cidade, a Berlim, para fazer um intercâmbio universitário. Lá, fez amizade com Luca Galante, gerente de vendas italiano, que veio mais tarde para a capital cearense, também para um intercâmbio. Bedê gostou tanto de Berlim que resolveu retornar em 2018, para um mestrado em negócios de mídias digitais, onde reencontrou Galante. Um dia, o italiano mostrou a ela um texto. “Leia, por favor”, pediu. Bedê leu e, um pouco espantada, perguntou: “Foi você quem escreveu isso?” O texto descrevia uma cena de sexo.

Galante explicou que era o trecho de um romance erótico. Havia alguns anos, ele vinha matutando sobre o projeto que gostaria de fazer na internet. Ao consultar um relatório da Amazon sobre os gêneros de livros mais vendidos, descobriu que em primeiro lugar estavam os eróticos. Teve, então, a ideia de fazer uma página no Instagram com conteúdo similar, dirigido às mulheres, que eram as principais consumidoras desse gênero, segundo outras informações obtidas por ele. A sua proposta era que a página fosse voltada às brasileiras, já que não havia coisa parecida em português – e Galante convidou a amiga para comandar o projeto com ele.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES

Lianne Ceará

Estagiária de jornalismo na piauí

Leia também

Últimas

Até cem anos de proteção a Pazuello e cinco para quem denunciou milícia no Rio

Justificativa foi de que documentos continham informação pessoal; o de Pazuello ganhou sigilo de um século, e as cartas, de cinco anos

O padre, o filho e a pensão alimentícia

Justiça manda religioso pagar três salários mínimos mensais a ex-fiel que diz ter tido um romance e um filho com ele; o padre nega

Pela simplificação dos planos diretores

Legislação complicada e genérica precisa ser substituída por outra capaz de ser entendida pela população

O encalhe de Pantanal e Dona Beija

Acervo com mais de 25 mil fitas da Rede Manchete vai a leilão, mas não atrai nenhum comprador

Foro de Teresina #154: Boom, bola e bolso

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Dias de alívio e de pranto

Vestibulanda relata angústia de ver sua avó, vacinada, se recuperar da Covid, enquanto um amigo chorava a morte do pai, sem vacina

Mais textos