anais da literatura

No centro do reino de Ártemis

A viagem da poeta Sophia de Mello Breyner Andresen ao Brasil

Eucanaã Ferraz
No fim de sua viagem, Sophia de Mello Breyer escreveu: “Aquilo que no Brasil é português comove-me, mas aquilo que no Brasil é universal exalta-me, como progresso para um novo humanismo”
No fim de sua viagem, Sophia de Mello Breyer escreveu: “Aquilo que no Brasil é português comove-me, mas aquilo que no Brasil é universal exalta-me, como progresso para um novo humanismo” CREDITO: ACERVO PESSOAL

 

“Tomando banho de mar em Copacabana a famosa poetisa portuguesa Sofia [sic] de Mello Breyner Andresen, ora no Brasil, a convite do Itamarati [sic].” A nota no diário carioca Tribuna da Imprensa, coluna Fatos e rumores, assinada pelo eminente jornalista Hélio Fernandes em 10 de junho de 1966, dá a ver algo bem mais prosaico do que as imagens extraordinárias de versos como: As ondas quebravam uma a uma/Eu estava só com a areia e com a espuma/do mar que cantava só para mim. Em vez da solidão absoluta, ao mesmo tempo silenciosa e ritmada, desponta a orla ruidosa de Copacabana, nome inscrito no imaginário brasileiro e mundial como símbolo de urbanidade, com seu glamoroso hotel e sua calçada de pedras portuguesas. Sophia terá percebido que as ondas calcárias em preto e branco repetiam de Lisboa o desenho Mar Largo na Praça do Rossio? Não é difícil imaginá-la de maiô, chapéu, óculos escuros, a reservada poeta de Coral, que decerto se supunha anônima ali, mas cujo banho de mar convertera-se em carioquíssima nota social.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Eucanaã Ferraz

Poeta e ensaísta carioca, publicou Sentimental e Retratos com Erro pela Companhia das Letras

Leia também

Últimas Mais Lidas

China leva churrasco brasileiro

Peste dizima rebanho suíno chinês; para suprir demanda externa, picanha bovina sobe até 33% nos supermercados do Brasil

Uísque com sopapos

Presidente da Firjan consegue aprovar mudança em regra eleitoral que lhe permite disputar nono mandato; disputa sucessória causa confusão em happy hour de empresários

Foro de Teresina #80: A tragédia em Paraisópolis, o desaforo de Trump e a cultura do desaforo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Conversão na fé ou na marra

Diante da ameaça de facção criminosa no Acre, integrantes de grupo rival têm de optar entre aderir a invasores ou entrar para igrejas evangélicas – e gravar vídeos como prova

2020 – Esperança vã

Propósito deliberado do governo Bolsonaro é asfixiar atividade cinematográfica

Na piauí_159

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

O sapo escaldado da democracia

Prisão de brigadistas aumenta mais um grau em ambiente de autoritarismo lento e irrestrito  

Em busca do centro perdido

Cinco partidos se reúnem em torno de Rodrigo Maia, assumem o nome de Centro e investem nas redes contra a "guerra dos extremos"

Mais textos