vultos da ciência

Os pioneiros

João Moreira Salles

O retorno: ensinar ciência onde não há tradição enraizada de pesquisa é difícil. Os quatro senhores que aparecem neste retrato julgaram que valia a tentativa. Matemáticos notáveis com perspectiva sólida de carreira fora do país, onde lecionavam ou vinham de se doutorar, cada um, a seu tempo, decidiu voltar para o Brasil. Pertencem ao período heroico do Impa, quando tudo ainda estava por fazer. Em 1971, ajudaram a organizar um simpósio internacional de matemática que reuniu alguns dos mais destacados cientistas do mundo. Era o início da decolagem.

“Ensinar na França ou nos Estados Unidos não é o mesmo que ensinar no Brasil”, diz Elon Lages Lima (o de camisa branca). “Aqui, você está desbravando. Lá, está contribuindo para solidificar o que já está pronto. Com ou sem você, o mundo segue do mesmo jeito.” Por causa deles, o mundo não seguiu do mesmo jeito. Juntos, os quatro formaram 74 doutores, que, por sua vez, formaram outros 207.

Da esquerda para a direita: Mauricio Peixoto, cearense, 93 anos, dinamicista, é um dos pais fundadores do Impa. Manfredo do Carmo, alagoano, 86 anos, implantou a geometria diferencial no Brasil; Elon Lages Lima, alagoano, 85 anos, topólogo, publicou 41 livros sobre matemática, seis dos quais destinados à formação de professores do ensino médio; Jacob Palis, mineiro, 74 anos, dinamicista, levou o Impa a ser reconhecido como centro de excelência mundial em certos campos da matemática.

João Moreira Salles

Documentarista, é editor fundador da piauí. Dirigiu Santiago, Entreatos e Nelson Freire, entre outros

Leia também

Últimas Mais Lidas

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

Parasita – nepotismo, corrupção e benfeitores

Em conexão inesperada com o Brasil, sátira coreana ajuda a pensar sobre parasitas e hospedeiros

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

3

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

5

Cientista da democracia

O que os experimentos de Claudio Ferraz têm a dizer sobre o nosso sistema político, a sabedoria do eleitor e o governo de Jair Bolsonaro

7

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

8

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

9

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

10

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana