NA REVISTA

piauí_175

Abril_2021

ou
Ver Todas

dossiê piauí

Arrabalde

Parte VI_O que queremos?

João Moreira Salles

vultos da República

O herdeiro

João Campos, o jovem prefeito do Recife, e os dramas agrestes de uma dinastia política

Consuelo Dieguez

questões criminais

A Orcrim-FB

Flávio Bolsonaro e o roubo de 6,1 milhões de reais de dinheiro público

Armando Sartori e Raimundo Rodrigues Pereira

tempos da peste

“Ai, meu Deus”

Parisi, um pequeno retrato de uma grande tragédia

Camille Lichotti

tempos da peste

Música acima de tudo, Beethoven acima de todos

Como a maior orquestra do país sobrevive à pandemia

Arthur Nestrovski

tréplica

Pós-verdade e carteiradas de identidade

Condenações e condescendências na universidade pública

Benamê Kamu Almudras

quadrinhos

O personagem

Ele acordou numa certa manhã com a convicção de que precisava escrever

Pedro Franz 

chegada

Engolindo os miúdos

O que muda com a entrada de Lula na disputa pela sucessão de Bolsonaro

Fernando de Barros e Silva

cartuns

Cartuns de Leandro Assis

Leandro Assis

esquina

A sobrevivente

Uma mulher luta para reconstruir seu rosto e sua vida

João Batista Jr.

Buraco negro tamanho M

Um astrofísico brasileiro investiga um canto obscuro da Via Láctea

Roberto Kaz

Escrita frenética

Taquígrafos correm para registrar as falas no Congresso

Marcos Amorozo

A luta continua

Uma antiga líder camponesa é vacinada contra a Covid-19

Tiago Coelho

Os sons dos Gilsons

A banda formada por um filho e dois netos de Gilberto Gil

Artur Nicoceli

anais do racismo

Os nazistas e a aceleração das castas

Como a legislação norte-americana influenciou Hitler

Isabel Wilkerson

questões literárias

Lacunas

O poder dos livros que não lemos e que nos definem

Felipe Charbel

anais da banalidade

Eu existo!

Muito prazer, sou a jornalista que estacionou o carro de Caetano no Leblon

Elisangela Roxo

despedida

Todos amávamos a Love Story

O adeus à boate em que Mike Tyson ameaçou morder um garçom

Xico Sá

colaboradores

Fernando de Barros e Silva [Engolindo os miúdos, p. 7] é repórter da piauí e apresentador do podcast Foro de Teresina. Ilustração de Allan Sieber.

 

Marcos Amorozo [Escrita frenética, p. 9] é estagiário da piauí.

 

Artur Nicoceli [Os sons dos Gilsons, p. 11] é jornalista, editor-assistente de conteúdos digitais na revista Forbes Brasil. 

 

João Moreira Salles [O que queremos?, p. 12], documentarista, é editor fundador da piauí. Dirigiu SantiagoEntreatos, Notícias de uma Guerra Particular e Nelson Freire. Ilustração de Vito Quintans. Vinhetas de Carla Caffé. Edição de texto de Denise Pegorim.

 

Consuelo Dieguez [O herdeiro, p. 30], repórter da piauí, é autora da coletânea de perfis Bilhões e Lágrimas (Companhia das Letras).

 

Leandro Assis [Cartuns a partir da p. 32], roteirista de tevê e cinema, é coautor das séries de HQ Os Santos e Confinada, que podem ser lidas no Instagram e no Twitter.

 

Armando Sartori [A Orcrim-FB, p. 38] é jornalista e diretor da Editora Manifesto. Foi secretário de redação do jornal Movimento e editor da revista Retrato do Brasil. Raimundo Rodrigues Pereira, coautor da reportagem, é jornalista e diretor da Editora Manifesto. Foi redator-chefe dos jornais Opinião e Movimento e editor nas revistas Veja, Realidade e Retrato do Brasil.

 

Reinaldo Figueiredo [A nova política é como o vinho, quanto mais velha melhor, p. 44] é desenhista, humorista, músico e um dos criadores do Casseta & Planeta.

 

Camille Lichotti [“Ai, meu Deus”, p. 46] é estagiária da piauí. Fotografia de Pierre Duarte.

 

Arthur Nestrovski [Música acima de tudo, Beethoven acima de todos, p. 50] é diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), autor de Tudo Tem a Ver: Literatura e Música (Todavia), vencedor do Prêmio Açorianos de Literatura de 2020. No ano passado, lançou o disco Sarabanda, com Lívia Nestrovski.

 

Benamê Kamu Almudras [Pós-verdade e carteiradas da identidade, p. 56], sob pseudônimo, é docente de graduação e de pós-graduação em uma universidade pública de São Paulo.

 

Pedro Franz [O personagem, p. 60] é ilustrador e artista visual. A HQ foi produzida durante uma residência artística na Maison des Auteurs (em Angoulême, França), tendo o apoio da Cité Internationale de la Bande Dessinée et de l’Image.

 

Isabel Wilkerson [Os nazistas e a aceleração das castas, p. 64] é jornalista norte-americana. Trecho de Casta: As Origens do Nosso Mal-Estar, a ser lançado neste mês pela Zahar. Tradução de Denise Bottmann e Carlos Alberto Medeiros.

 

Elisangela Roxo [Eu existo!, p. 70], jornalista e mestre pelas universidades de Aarhus e Hamburgo, é autora da tese Black Is Digital: Afro-Brazilian Women and Identity on YouTube.

 

Felipe Charbel [Lacunas, p. 76] é professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e autor de Janelas Irreais: Um Diário de Releituras (Relicário Edições).

 

Alfredo Fressia [Poesia, p. 79] é poeta uruguaio radicado em São Paulo. Recebeu o Prêmio Bartolomé Hidalgo, um dos mais importantes do Uruguai. É autor de Terra Incognita (Ediciones Caletita) e Sobre Roca Resbaladiza (Editorial Lisboa). Tradução do próprio autor. Ilustração de Gervasio Troche.

 

Xico Sá [Todos amávamos a Love Story, p. 82] é jornalista e escritor, autor de O Livro das Mulheres Extraordinárias (Três Estrelas), entre outros.

 

Ilustrações de Esquina por Andrés Sandoval.