questões musicais

Salve Mestre Candeia

Eliete Negreiros
15mar2013_16h08

Jean-Jacques Rousseau escreveu: “Tendo, portanto formado o projeto de descrever o estado habitual de minha alma na mais estranha situação em que possa jamais se encontrar um mortal, não vi nenhuma maneira mais simples e mais segura de executar essa empresa do que a de manter um registro fiel de minhas caminhadas solitárias e dos devaneios que as preenchem, quando deixo minha cabeça inteiramente livre e minhas idéias seguirem sua inclinação, sem resistência e sem embaraços. Estas horas de solidão e de meditação são as únicas do dia em que sou plenamente eu mesmo e em que me pertenço sem distração, sem obstáculos e em que posso verdadeiramente dizer que sou o que desejou a natureza”.(Os devaneios do caminhante solitário)

Candeia compôs: “Deixe-me ir, preciso andar/ Vou por aí a procurar/ Sorrir pra não chorar/Quero assistir ao sol nascer/ ver as águas dos rios correr/  Ouvir os pássaros cantar/ Eu quero nascer, quero viver/ Deixe-me ir, preciso andar/ Vou por aí a procurar/ Sorrir pra não chorar”. (Preciso me encontrar)

https://www.youtube.com/watch?v=plOTKOJ32Os
Preciso me encontrar, Candeia, com Cartola

https://www.youtube.com/watch?v=XB8kk-8nmSw
Preciso me encotrar, com Marisa Monte

 

Mestre Candeia, Antonio Candeia Filho, nasceu, viveu e morreu no Rio de Janeiro (1935-1978). Com o samba-enredo Seis datas magnas recebeu nota máxima em todos os quesitos e tornou sua escola, a Portela, campeã em 1953. Candeia fundou a ala da mocidade da Portela e depois fez parte da ala dos impossíveis. No ano de 57, entrou para a Polícia Civil, trabalhando como investigador, mas levou um tiro na coluna, ficou paralitico. Abandonou a carreira na Polícia e passou a se dedicar exclusivamente à vida artística. Com seu samba enredo Legados de D. João VI, a Portela foi campeã em 1955, e com Brasil, panteão de glórias, em parceria com Bubu, Casquinha, Waldir 59 e Picolino, Portela foi campeã em 59.

No início dos anos 60, participou ativamente do movimento de revitalização do samba, promovido pelo CPC (Centro Popular de Cultura) e pela UNE (União Nacional dos Estudantes). Foi nessa época que organizou o conjunto Mensageiros do Samba, que se apresentava no Zicartola – espaço comandado por Cartola e Dona Zica.

Em 1965, Elizete Cardoso gravou Minhas madrugadas (Candeia e Paulinho da Viola) no LP Elizete sobe o morro.

https://www.youtube.com/watch?v=KG6gPPd0BAc

Minhas madrugadas, Candeia Paulinho da Violacom Elizete Cardoso

https://www.youtube.com/watch?v=gE_s7uSKNmI

Minhas madrugadas, com Candeia

O primeiro disco individual de Candeia foi o LP Samba da Antiga, em 1970. Em 75, gravou o LP seguinte...: raiz candeia. No encarte do disco ele escreveu: “Prá moçada da política, não é preciso dizer nada. Tá todo mundo de cabeça feita. Candeia é reza forte; chegou, tá bem chegado. Pra quem não sabe de nada ainda, vou usar um verso de um samba espetacular do Paulinho da Viola, para apresentar o grande sambista compositor: Acende uma chama/ É o som de um samba/ Que chega nas ondas/ Da noite. (Candeia, toco preto, sabe porque foi gravado o pagode que leva seu nome! Não é preciso entregar o ouro aos bandidos, né meu compadre?)”. Neste disco, ele gravou suas composições Filosofia do samba, Quarto escuro, A hora e a vez do samba, Regresso, parceria com Adelzon Alves, Saudação a Toco Preto, Minhas madrugadas, parceria com Paulinho da Viola.

https://www.youtube.com/watch?v=dufWfb3AY4k
Filosofia do samba, Candeia

https://www.youtube.com/watch?v=72wJW8h-MAw
Saudação a Toco Preto

https://www.youtube.com/watch?v=uCdhEgjIIu4
Quarto escuro

https://www.youtube.com/watch?v=7QysMFMNNDc
A hora e a vez do samba

https://www.youtube.com/watch?v=sZzw11v5Npk
Regresso      

Em meados dos anos 70, Candeia afastou-se da Portela e em 75, desiludido com o “gigantismo” das escolas de samba fundou, junto com Nei Lopes e Wilson Moreira, o Grêmio recreativo de Arte Negra e Escola de Samba Quilombo: “Um dos mais talentosos sambistas de sua geração, Candeia sobressaiu ainda como ferrenho defensor da cultura negra.

Morto prematuramente, deixou vários LPs e sucessos, como Minhas Madrugadas, (com Paulinho da Viola), Amor não é brinquedo, (com Martinho da Vila), Anjo moreno, Filosofia do samba e Preciso me encontrar.

Em 1975 gravou o LP Candeia, samba de roda. Na contracapa do disco, quem escreve é Paulinho da Viola: “Candeia é um compositor que dispensa apresentações. Este é seu terceiro disco e nele se pode notar a preocupação do sambista em incorporar ao seu trabalho outros gêneros musicais que ressaltam uma influência nitidamente africana. Tudo música brasileira. Muitos hão de estranhar e perguntar por que um sambista da Portela, de repente, resolve gravar jongos, pontos de macumba, um choro canção, sambas de roda, cantigas de maculelê e capoeira. É muito simples: Candeia sempre esteve atento a todas as manifestações populares e sujeito sensível que é, percebeu as vantagens que poderia obter se estendesse seu trabalho - até então ligado exclusivamente ao samba - a essas formas tão ricas, deixadas por nossos antepassados. Este disco é uma experiência importante na carreira do mano Candeia e uma surpresa para aqueles que, como eu, acompanham de perto seu trabalho.”

https://www.youtube.com/watch?v=lUdxbHbSdf4
Seleção de Partido Alto, gravado por Candeia no LP Samba de Roda: Samba na Tendinha, Já Clareou, Não tem veneno, Eskindolelê, Olha a hora Maria

https://www.youtube.com/watch?v=Z4ZjB2g7xiM

Motivos Folclóricos da Bahia: Capoeira, Ao, Haydê, Paranauê, Maculelê, Sou eu, Sou eu, Não Mate Homem, Candomblé, Deus que lhe dê, Salvei Salvei, Samba de Roda, porque não veio, gravados por Candeia no LP Samba de Roda

https://www.youtube.com/watch?v=C4YSYNP2OMg

Sinhá Dona da Casa, de Candeia e Netinho, gravado por Candeia, LP Samba de Roda

https://www.youtube.com/watch?v=2kRoXU0uDBI

Brinde ao cansaço, Candeia, com Candeia, LP Samba de Roda

https://www.youtube.com/watch?v=Q3HKa2Cy0bo

Conselhos de Vadio, Alvarenga, com Candeia

https://www.youtube.com/watch?v=-1mWcwtJaNM

Documentário, Partido Alto, parte I, vários mestres

https://www.youtube.com/watch?v=02me7YeOCYM

Documentátio Partido Alto , parte II, com Candeia, Paulinho da Viola, Manacéa, e outros

Candeia foi gravado por Clementina de Jesus: Vai de saudade, Candeia e Davi, 1970 e Tantas você fez, em 1985, com participação de Cristina Buarque

https://www.youtube.com/watch?v=nLSk5moGDVU

Paulinho da Viola, sempre atento ao mundo do samba e do choro, acompanhou o trabalho de Candeia, com grande atenção e admiração. Em vários depoimentos,  ressaltou a importância e a excelência do sambista. Dele gravou Batuqueiro, Filosofia do samba e O ideal é competir.

https://www.youtube.com/watch?v=sMzxmjffkYU

Batuqueiro, Candeia, com Paulinho da Viola, grav. 1968

https://www.youtube.com/watch?v=qHmb8Nzn0-Y

Filosofia do samba, Candeia, com Paulinho da Viola, grav. em 1971

https://www.youtube.com/watch?v=uuP62GdkAG4

O ideal é competir, Candeia e Casquinha, com Paulinho da Viola, LP Bebadosamba, 1996

Salve Mestre Candeia, defensor da cultura negra, filósofo do samba, poeta, partideiro. De saideira, mais este samba genial que começa assim: Me sinto igual a uma folha caída/ Sou o adeus de quem parte/ Pra quem a vida é pintura sem arte.  Poesia, filosofia e samba.

https://www.youtube.com/watch?v=JFOShYF1gB4

Pintura sem arte, Candeia, com Candeia

Eliete Negreiros

Leia também

Últimas Mais Lidas

STJ, novo ringue de Bolsonaro

Tribunal tem papel decisivo na crise entre presidente e governadores

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

Esgares e sorrisos

Cinemateca Brasileira em questão

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

Maria vai com as outras #8: Ela voltou

Monique Lopes, atriz pornô e acompanhante, fala novamente com Branca Vianna, agora sobre seu trabalho durante a pandemia do novo coronavírus

Autor de estudo pró-cloroquina admite erros em pesquisa

Enquanto isso, maior investigação já realizada sobre a droga reitera que não há benefício comprovado contra Covid-19 e alerta para riscos

Mortos que o vírus não explica

Belém tem quase 700 mortes a mais do que o esperado apenas em abril; oficialmente, Covid-19 só matou 117

Mais textos
1

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

2

Mortos que o vírus não explica

Belém tem quase 700 mortes a mais do que o esperado apenas em abril; oficialmente, Covid-19 só matou 117

3

Autor de estudo pró-cloroquina admite erros em pesquisa

Enquanto isso, maior investigação já realizada sobre a droga reitera que não há benefício comprovado contra Covid-19 e alerta para riscos

4

Amazônia perto do calor máximo

Pesquisa inédita revela que, acima de 32 graus Celsius, florestas tropicais tendem a emitir mais carbono na atmosfera do que absorver

5

Nem limão, nem feijões: sem milagres contra a Covid-19

Ministério Público e polícia investigam “receitas infalíveis” contra o vírus

6

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

8

Uma biografia improvável

O que são vírus – esses parasitas que nos deram nada menos que 8% do nosso DNA

9

Lockdown à brasileira

Como estados e municípios usam estratégias de confinamento com prazos e métodos distintos contra a Covid-19

10

Foro de Teresina #101: Bolsonaro sob pressão

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana