Festival Piauí GloboNews de jornalismo

Veja o resumo das mesas do primeiro dia do Festival

A imprensa faz autocrítica na edição 2017 do evento

07out2017_10h11
Foto: Tuca Vieira
Foto: Tuca Vieira

Nove nomes da imprensa mundial se encontraram neste fim de semana no Colégio Dante Alighieri, em São Paulo, durante o Festival Piauí GloboNews de Jornalismo. Com mediação de jornalistas da piauí, convidados debatem o tema “O que aprendi”, dividindo experiências da cobertura da eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, da ascensão de Tayyip Erdogan na Turquia e da cruzada de Vladimir Putin, na Rússia.

A cobertura do evento foi feita através da fanpage do festival, do perfil no Twitter e nos Stories do perfil da piauí no Instagram.

Diretor do Les Décodeurs, seção de checagem de fatos do jornal Le Monde, o francês Samuel Laurent abriu a programação de sábado. A mesa foi mediada pelo repórter de ciência da piauí Bernardo Esteves e pelo jornalista da GloboNews Marcelo Lins. O Décodeurs foi o braço francês do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos no trabalho que deu origem aos Panama Papers.

O jornalista também comentou a relação entre o debate de gênero e fake news na França.Depois de acompanhar por meses a ministra Cármen Lúcia para o perfil A juíza, a repórter da piauí Consuelo Dieguez voltou a encontrar a personagem de sua reportagem na Conversa com a Fonte, tradição na programação do Festival.

Na terceira mesa do sábado, Ryan Lizza, principal correspondente em Washington da revista The New Yorker, conversou com Malu Gaspar, da piauí, e Renata Lo Prete, da GloboNews. Lizza cobre a Casa Branca desde os anos 90 e tem, entre seus feitos, o mérito de ter feito Barack Obama o primeiro político a estampar uma capa da GQ em quinze anos.

Em seguida, a jornalista turca Gülsin Harman, do Instituto Internacional da Imprensa, conversou com Leandro Demori, da piauí, e Guga Chacra, da GloboNews. Harman coordenou em Istambul o projeto On The Line, que coleta dados sobre ataques virtuais contra jornalistas e fornece ajuda jurídica e técnica às vítimas.

Na penúltima mesa do dia, a jornalista venezuelana Nathalie Alvaray falou sobre a perseguição a jornalistas em seu país natal e o crescente racismo contra latinos nos Estados Unidos de Donald Trump. Alvaray é editora de estratégias digitais da emissora americana Univision, focada no público hispânico. A conversa foi mediada por Fernando Barros, da piauí, e Ariel Palacios, da GloboNews.

Steve Coll, reitor da Escola de Jornalismo da Universidade Columbia, considerada a melhor do mundo, fechou a programação do dia. Sua mesa foi mediada pela repórter Consuelo Dieguez e por Eugenio Bucci, jornalista e professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Leia Também

Últimas Mais Lidas

As 1.400 vidas da obituarista Margalit Fox e outras histórias: veja como foi o 2º dia do evento

Encontro internacional reuniu jornalistas em São Paulo neste fim de semana

Ingressos à venda para o Festival Piauí GloboNews de Jornalismo

Estudantes e professores pagam meia-entrada, e assinantes da revista têm desconto

Saiba primeiro sobre os nossos eventos

Receba as novidades dos próximos projetos da piauí

Saiba como foi cada mesa da Maratona Piauí Serrapilheira

Vida, vulcões, clima, água e gestão da ciência: cinco grandes cientistas falaram sobre suas áreas de pesquisa

Mais textos