Para evitar maus momentos, Temer usará hologramas em visitas

02maio2018_17h04
A Polícia Federal já prepara operações também em hologramas
A Polícia Federal já prepara operações também em hologramas

LOCAL NÃO DIVULGADO –  Após momentos tensos em visita ao centro de São Paulo na última terça-feira, o presidente Temer anunciou que passará a usar tecnologia de ponta em suas próximas idas a lugares com muita concentração de populares. “Parece feitiçaria, mas é tecnologia. Vi em um show na Califórnia e na hora pensei no presidente. Agora a presença dele dele vai ser mais emocionante, vai ser uma experiência”, afirmou Elsinho Mouco, marqueteiro e cientista chefe do programa de hologramas do planalto, apelidado de Moucograma.

Em coletiva virtual, Temer afirmou que o uso da tecnologia é uma marca de seu governo: “Onde houver alguém para visitar, lá visitá-lo-ei. O holograma veio para…”, nesse momento a projeção ficou sem áudio e em seguida a imagem também foi interrompida. Segundo os técnicos do Planalto o problema se deu por uma sobrecarga dos servidores do palácio. Temer finalizou a entrevista por meio de fax: “O holograma veio para ficar e vai facilitar os encontros entre o poder e o povo”.

Além do presidente, outros políticos ficaram empolgados com a possibilidade da popularização do uso de hologramas. Paulo Maluf já entrou com pedido de Habeas Gramas, em que afirma que se tiver de voltar para a cadeia que volte seu holograma.