maratona

Adriana Alves estuda os vulcões extintos no Brasil

A geóloga falará sobre como a atividade vulcânica pode ter afetado o clima global e as formas de vida em nosso território

28mar2018_16h33

A Maratona Piauí Serrapilheira traz ao Rio de Janeiro a geóloga Adriana Alves, estudiosa das formações vulcânicas que ocorreram no território brasileiro em tempos remotos.

Professora do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo nas áreas de mineralogia e petrologia, Alves estuda a composição química das rochas ígneas a fim de investigar o funcionamento do interior do planeta.

Atualmente, dedica-se ao estudo das formações vulcânicas brasileiras, com o objetivo de entender os efeitos das mesmas sobre o clima e a vida no Cretáceo, há 146 milhões de anos.

Na Maratona Piauí, Alves falará sobre o papel das erupções vulcânicas nos eventos de extinção em massa ocorridos na história da Terra. Como exemplo, a pesquisadora cita a extinção do período Permiano (ocorrida há 250 milhões de anos) que dizimou 90% da vida no planeta e é creditada a um evento vulcânico que se assemelha em composição e volume ao vulcanismo das formações vulcânicas brasileiras.

Adriana Alves é apoiada pelo Instituto Serrapilheira na área de ciências da terra.

Você pode garantir online o seu ingresso para o evento no site sympla.com.br/maratona

Assinantes piauí, associados ao Instituto Serrapilheira, bolsistas de centros de pesquisa, estudantes e professores pagam meia-entrada.

Em qualquer modalidade, o ingresso inclui almoço e pode ser parcelado em até 10 vezes no cartão de crédito.

 

Leia Também

Relacionadas Últimas

Douglas Galante investiga se pode haver vida fora da Terra

Paulistano é chefe da 'Garatéa', primeira missão brasileira à Lua

Tasso Azevedo falará sobre mudanças climáticas

O engenheiro florestal discutirá a contribuição do Brasil para o aquecimento global e novas tecnologias para o monitoramento ambiental

A falta de água é o alvo do trabalho de Marcia Barbosa

Pesquisadora gaúcha vem falar sobre as possíveis aplicações de seu estudo e sobre a desigualdade de gênero na ciência

Antonio Coutinho encerra a programação de encontros entre jornalistas e cientistas

O médico imunologista é um dos cientistas portugueses com maior número de citações na literatura científica

Acompanhe a transmissão ao vivo da segunda Maratona Piauí CBN de Podcast

Encontro está sendo transmitido em áudio e em vídeo nos sites e redes sociais da piauí e da CBN

A história e os bastidores do Foro de Teresina

Apresentadores relembram início do programa, que completa um ano esta semana

Conteúdo patrocinado e anunciantes estão entre os principais modelos de financiamento

Diretor da CBN diz que programas em áudio são caminho para formar novos ouvintes

Interação com o público ajuda a ganhar e manter audiência

Fidelidade de ouvintes pode se transformar em financiamento coletivo e ajudar a manter podcasts

Os desafios e a rotina de contar histórias em podcast

Roteiro capaz de amarrar narrativas é segredo para um bom programa; dificuldade de financiamento é cotidiana

Mais textos
1

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

2

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

3

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

4

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

6

A guerra contra o termômetro

Quando chegam más notícias sobre o desmatamento, os governos atacam o emissário

9

Bacurau – celebração da barbárie

Filme exalta de modo inquietante parceria entre povo desassistido e bandidos

10

Cortes de Bolsonaro emperram pesquisa para deter câncer incurável no cérebro

Sem bolsas federais, pesquisadora aprovada em primeiro lugar na UFRJ atrasa estudo sobre vírus da zika como arma contra tumor