Renato Sérgio de Lima

(siga @RenatoSdeLima no Twitter)

Professor da FGV EAESP e diretor presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

histórias publicadas

Filmados e largados
questões de segurança pública

Filmados e largados

Câmeras corporais usadas pela PM são avanço importante, mas não resolvem problemas estruturais da polícia – e já se tornam alvo de demagogia na eleição

Jonatas e o massacre no campo
questões fundiárias

Jonatas e o massacre no campo

Caso de menino de 9 anos assassinado este mês em Pernambuco mostra recrudescimento da violência nas áreas rurais

O encantador de polícias
aqui mando eu

O encantador de polícias

Como Jair Bolsonaro se aproveitou do vácuo no debate sobre segurança pública para montar uma tropa de eleitores armados

O puxadinho do Jair na segurança pública
atlas do bolsonarismo

O puxadinho do Jair na segurança pública

Bolsonaro insufla valores autoritários das instituições policiais e dificulta discussão de soluções eficientes para o setor

Sangue na floresta
questões de segurança pública

Sangue na floresta

Pesquisa inédita mostra que, em meio ao avanço do crime organizado, homicídios cresceram quase 10% em áreas da Amazônia de 2018 a 2020 – enquanto caíram em outros municípios rurais

As fiadoras da ordem 
anais da setembrada

As fiadoras da ordem 

Polícias militares mostraram eficiência no controle dos atos golpistas — mas tentativa de cooptação dos policiais pelo bolsonarismo explicita urgência de reforma dessas instituições

O roteiro do golpe
sete de setembro

O roteiro do golpe

Bolsonaristas estimulam radicalização de policiais, apostam em ruptura e aproveitam para antecipar suas campanhas eleitorais

'Bico' proibido emprega ao menos 47 mil guardas e policiais
questões de segurança

'Bico' proibido emprega ao menos 47 mil guardas e policiais

Pesquisa inédita revela que 6% dos profissionais da segurança pública admitem trabalhar por fora em segurança privada - o que é barrado por lei

Mata primeiro, investiga depois
questões de segurança pública

Mata primeiro, investiga depois

Presença da Polícia Civil fluminense em operações com morte é mais que o dobro do que em outros estados

Passou a boiada e agora chama a polícia
questões ambientais

Passou a boiada e agora chama a polícia

Bolsonaro desmonta sistema de fiscalização ambiental e, pressionado por Biden, diz que Força Nacional vai combater desmatamento