rádio piauí

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

23jan2020_17h00
ILUSTRAÇÃO: PAULA CARDOSO

O Foro de Teresina discute a atuação política do Ministério Público contra Glenn Greenwald e como isso beneficia Sergio Moro; o conflito de interesses nos negócios de Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação do governo; e os rumos da Secretaria de Cultura após a exoneração de Roberto Alvim.

 

Bloco 1: Sergio Moro larga a toga… (02:01)
…E assume de vez a política. Em uma semana conturbada, o ministro concedeu entrevista ao Roda Viva se desvinculando dos casos de corrupção do governo e faturou politicamente com a denúncia contra o jornalista Glenn Greenwald.

Bloco 2: Wajngarten nos dois lados do balcão (16:01)
Depois de a Folha de S.Paulo ter revelado que o chefe de Comunicação da Presidência recebeu dinheiro de empresas contratadas por ele no governo, Bolsonaro defendeu seu secretário e fez novos ataques à imprensa.

Bloco 3: O menino Goebbels (26:10)
A repercussão de um vídeo de inspiração nazista tornou insustentável a permanência de Roberto Alvim na Secretaria de Cultura. O que ainda não se sabe é quais serão os próximos rumos da política cultural do governo.



> Links citados neste episódio:

A íntegra da entrevista do ministro Sergio Moro no programa Roda Viva.

Checagem, feita pela Agência Lupa, das principais falas de Sergio Moro durante o programa da TV Cultura.

A íntegra da denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o jornalista Glenn Greenwald.

O perfil, publicado pela Folha de S.Paulo, de Wellington Oliveira, procurador responsável pela denúncia contra Greenwald. 

Relatório da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) sobre violência contra jornalistas e liberdade de imprensa no Brasil. 

A reportagem da Folha de S.Paulo que revelou o possível conflito de interesses entre a Secom e os negócios de Fabio Wajngarten.

A reação de Bolsonaro ao ser questionado sobre a denúncia contra Wajngarten.

A reportagem de Ricardo Lessa para o site da piauí sobre o apoio de Wajngarten à campanha eleitoral de Bolsonaro.

O pronunciamento de Roberto Alvim foi excluído das redes sociais da Secretaria Especial de Cultura, mas ainda é possível assistir ao vídeo, na íntegra, no canal do Poder360.

A declaração de Bolsonaro sobre o motivo que o levou a exonerar Roberto Alvim, segundo relato do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ).

O pronunciamento da Embaixada da Alemanha no Brasil em oposição à referência ao nazismo feita pelo então secretário de Cultura.

Nota em que a Confederação Israelita do Brasil pede o afastamento de Roberto Alvim.

*

O Foro de Teresina tem novos episódios sempre às quintas, a partir das 17 horas. Você encontra o podcast em tocadores como Spotify e Apple Podcasts buscando pelo nome do programa ou pode acessar a página do Foro no site da piauí. Toda quarta-feira, lançamos no YouTube o Foro Privilegiado, com os bastidores do episódio da semana.

Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky
Coordenação geral: Paula Scarpin
Direção: Luigi Mazza
Edição: Mari Romano e Évelin Argenta
Produção: Mari Faria e Yasmin Santos
Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Teaser (Foro Privilegiado): Julia Sena
Distribuição: Yasmin Santos
Coordenação digital: Kellen Moraes
Gravado no estúdio Rastro
Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #134: Sem vacina, sem Trump, sem nada

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #133: Pouca vacina, muita lambança

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Sem sintoma, com Covid-19

Estudo descobre que os 29% de casos sem nenhum sintoma de Covid-19 têm a mesma...

Foro de Teresina #132: Presidente mimimi

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

E a vacina, quando vem?

Fernando Reinach explica por que demora um ano e meio para testar uma vacina (como...

Foro de Teresina #131: Para que essa ansiedade?

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Máscara reduz seu risco e o do outro

Usar máscaras cirúrgicas reduz à metade perigo de contaminação; se o contaminado usar, probabilidade fica...

Foro de Teresina #130: À deriva, sem vacina

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #129: O Brasil na rabeira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Dose errada é a certa?

AstraZeneca diz que dose menor de sua vacina contra o Sars-CoV-2 aumentou, sem querer, eficácia...

Mais textos
1

O lobby da capivara

Como nasce um emoji

2

Natasha

Presente raro: a experiência metafísica e visionária de uma donzela russa, num conto que permaneceu guardado na Biblioteca do Congresso americano até o início deste ano, 31 anos após a morte do autor

3

“8 ½” – “O salto mortal de Fellini”

Escrito ao longo de onze anos e mantido inédito até ser incluído em “Exercícios de leitura”, o ensaio de Gilda de Mello e Souza “O salto mortal de Fellini”, relido depois da revisão de “8 1/2”, revela acuidade crítica incomum.

4

As búlgaras estão com tudo

Nada a ver com a sucessão de Lula

6

Padre Cícero sem perdão

A luta de um bispo para reabilitar o mais venerado líder religioso do Nordeste

8

Os cabelos do bigode do Imperador

A correspondência amorosa mais famosa do Brasil talvez seja aquela formada pelas cartas trocadas de 1822 a 1829 entre o Imperador D. Pedro I e sua amante, Domitilia de Castro Canto e Mello, elevada por ele ao titulo de Marquesa de Santos em 1826. Infelizmente, das prováveis centenas de cartas escritas pela Marquesa apenas um punhado foi conservado nos arquivos imperiais. Por sorte, quase todas as cartas do Imperador foram guardadas pela Marquesa, apesar dos pedidos de D. Pedro para que as destruísse. Todas estão hoje publicadas (94 das quais no ano passado), totalizando mais de trezentas.

9

Na montanha-russa do século

Paradoxos do progresso em Corumbá aos olhos de um intelectual refugiado do nazismo

10

Vidas literárias: Tolstói

A espantosa história de Tolstói, que cai em depressão ao constatar que é milionário