Eike Batista é o novo técnico da seleção brasileira

09jul2014_22h32

HOTEL GLÓRIA – No dia seguinte à partida em que a Alemanha vandalizou o futebol brasileiro, José Maria Marin convocou uma coletiva de imprensa para anunciar mudanças drásticas na CBF: "Primeiro, vou trocar o acaju por uma tonalidade que deixe meus cabelos com ar mais arrojado", explicou. Em seguida, prometeu investir na base: "Faltam bons goal-keepers, pontas de lança e center-fowards", lamentou, enquanto comia uma fatia de Goiabada Cascão.

Em telegrama, Marin anunciou mudanças na comissão técnica da seleção. "Nosso Ground Committee decidiu substituir o coach Felipão por um homem que tem uma trajetória fulminante: Eike Batista! Esse tem a confiança do nosso povo, do mercado investidor e da nossa presidenta. É tóis!", exultou.

Num balanço final, Marin destacou que as mudanças no futebol brasileiro devem ser estruturais: "Precisamos aderir a técnicas mais modernas de gestão. Mandei comprar um fax, aluguei um teletrim e aprendi a falar no walkie talkie", concluiu, antes de sair correndo para adquirir o novo LP de Cauby Peixoto em 78 rotações.

Eike Batista já assumiu anunciando novidades: "A partir de hoje a CBF se chama CBX.". E arrematou: "Nossa tarefa agora é peneirar talentos em águas profundas!"

No fim da tarde, o governo do Uzbequistão negou asilo técnico-político a Felipão. 

Leia a cobertura completa  da Copa do Mundo pelo piauí Herald

The Tourist Herald, um guia de viagem padrão Fifa, apresenta as cidades-sede para os turistas 

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.