Crivella contrata guardiões para defenderem os guardiões do Crivella

02set2020_16h14
Marqueteiros do prefeito cogitam mudar seu bordão para “Eu vou trollar as pessoas” durante as eleições.
Marqueteiros do prefeito cogitam mudar seu bordão para “Eu vou trollar as pessoas” durante as eleições.

TROPA DE CHOQUE ANAFILÁTICO – “Eu vou cuidar de vocês!”, foi a mensagem enviada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ao grupo Guardiões dos Guardiões do Crivella, criado ontem para proteger o grupo Guardiões do Crivella, denunciado no começo da semana por uma reportagem da Rede Globo.

A medida é polêmica já que, além de usar funcionários pagos com dinheiro do contribuinte para constranger a imprensa, tem também causado confusão nos arredores dos hospitais. Já são cerca de 734 guardiões por hospital municipal, um efetivo que se estende por um raio de 300 metros ao redor das casas de saúde e já corresponde a 85% do quadro dos servidores.

Questionado sobre o impacto do deslocamento dos funcionários de outras áreas para a dos Guardiões, Crivella respondeu: “É uma centralização de serviços. A partir de agora quem quiser reclamar de uma multa ou pedir uma licença ou precisar de qualquer serviço da prefeitura, é só ir até a porta de um hospital e lá encontrará algum responsável.”

Fontes indicam que o grupo Guardiões dos Guardiões do Crivella também já está sendo investigado pela Polícia Civil, o que obrigou Crivella a criar o grupo Guardiões dos Guardiões dos Guardiões do Crivella, para defendê-los. Até o começo desta tarde, o gabinete do prefeito já havia criado o septuagésimo terceiro grupo de Whatsapp para proteger a imagem daqueles que protegem a imagem da prefeitura. O último deles, batizado de “Guardiões dos guardiões dos guardiões dos guardiões dos guardiões dos guardiões dos guardiões dos guardiões do Crivella ao cubo”, é formado por servidores públicos que formam cordões humanos em volta de outro grupo que, por sua vez, protege um grupo original que fica estacionado na porta de hospitais públicos interpelando membros da imprensa.
Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.