The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Filipe Martins sugere que superintendente da PF faça gesto supremacista para se manter no cargo

15abr2021_17h16
Fontes indicam que Martins está mais uma vez prestes a cair após propor um curso de reciclagem – palavra proibida no governo – aos servidores da PF
Fontes indicam que Martins está mais uma vez prestes a cair após propor um curso de reciclagem – palavra proibida no governo – aos servidores da PF

PROUD BOIS – Eterno protegido do presidente da República, o wunderkind, assessor especial e supremacista branco Filipe Martins deu uma coletiva de imprensa, hoje, explicando o que o superintendente da PF no Amazonas, Alexandre Saraiva, deve fazer para se manter no cargo. “Ele errou ao apresentar notícia-crime contra alguém que é uma notícia-crime ambulante? Errou. Mas não há nada que como um gesto racista para acalentar o coração do presidente Jair Bolsonaro.”

A prova, segundo Martins, está na recente demissão do ex-chanceler Ernesto Araújo. “Por que ele foi pra rua e eu fiquei? Será que é por que ele citava texto em tupi e eu sou mais chegado em citar frase de nazista no Twitter? Deixo essa pergunta aí no ar pros comentaristas.”

Para evitar futuras dores de cabeça, Martins sugere ainda que o delegado passe a frequentar o submundo da deep web, fonte das principais formulações políticas do governo Bolsonaro. “O profissional hoje em dia tem que estar antenado”, explicou Martins. “O gesto que um psicopata supremacista faz na Nova Zelândia viaja rapidamente pela internet. É dever do servidor público trazer para o Brasil o que há de mais moderno no atraso no mundo.”


Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.