literatura

A volta do concurso literário mensal da piauí

Texto ou HQ deve ter obrigatoriamente uma frase pré-determinada e um elemento improvável.

10out2019_16h03

Sintonizada com sua época, a piauí decidiu voltar no tempo. Com vocês, a nova edição do nosso paleolítico certame literário!

Se você está decepcionado porque preferia a reedição do AI-5, não há o que possamos fazer, salvo sugerir que esqueça as mágoas e renda-se ao escapismo barato que estamos oferecendo.

A coisa funciona assim: todo mês, proporemos uma frase obrigatória – quase sempre inspirada pelo noticiário político –, à qual, só para apimentar, acrescentaremos um ingrediente improvável, que deve ser incorporado à história. A frase e o ingrediente você encontra sempre junto do texto vencedor do mês anterior.

Ao leitor com ambições de ingressar na Academia Piauiense de Letras caberá a tarefa de incluir esses elementos num texto satírico de até 5 mil toques ou numa HQ de 1 página.

A peça deverá ser enviada até o dia 20 de cada mês para concurso@revistapiaui.com.br , e a mais extraordinária delas sairá na edição seguinte da revista, ombreando assim seu autor a vultos como J. G. de Araújo Jorge, José Sarney e Carluxo (a obra em tuítes).

Ao participar, informe seu nome completo, e-mail, número de celular e sua cidade. A mesma pessoa não poderá ser premiada duas vezes.

Leia AQUI o texto vencedor de outubro e saiba qual frase e qual ingrediente improvável deverão estar no texto ou HQ de novembro .

Leia também

Relacionadas Últimas

Eduardo, meu filho, esse hambúrguer é orgânico?

O vencedor e os quatro finalistas da edição de outubro do nosso concurso literário

Trégua negociada atrás das grades

Documento do sistema penitenciário mostra como chefes do tráfico presos em Rondônia disputam à distância o controle da Rocinha

Bolsonaro, Marielle e a tempestade no Twitter

Entre os voos para Brasília e a presença do então deputado na Câmara, tempo apertado afasta hipótese de que Bolsonaro estivesse no Rio para receber acusado de matar vereadora  

Ruptura de bolsonaristas com PSL ganhou asas no Twitter

Disputa por controle do partido impulsionou menções a Eduardo e Joice na rede

Scorsese pede para se explicar

Quem sonha em fazer filmes enfrenta situação brutal, afirma cineasta

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

2

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

4

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

6

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

7

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

8

A vida dos outros e a minha

Memórias de uma estudante brasileira fichada pela Stasi

9

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

10

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina