Maria Cecilia Marra

Desenhista, é diretora de arte da piauí

histórias publicadas

questões de forno e fogão

Empadão espetacular da Beth

A receita de hoje sempre faz um sucesso ribombante nos lanches da piauí. Não importa o tamanho de torta que Beth faça, ela some em segundos por obra da redação e das visitas dos outros andares, certamente atraídas pelo perfume delicioso. Beth aprendeu a fazer a massa com uma amiga de infância e o recheio ela foi modificando, adaptando e melhorando até chegar ao que nós aqui consideramos excelente, e que ela ensina abaixo.

questões de forno e fogão

Torta de Peixe

A receita de hoje resulta em uma maravilhosa papinha para bebês adultos, a quem o consumo de vinho já foi liberado. A combinação do sabor e da textura do purê de batata com os peixes cozidos no molho branco é das mais interessantes. O prato não é zás-trás como os que a Cozinha Transcendental costuma preferir, mas nenhuma das etapas é complicada. É que a boa fish pie cai na categoria dos pratos simples que não são fáceis, tipo o arroz e feijão. São pratos que para ganhar espaço na memória precisam ser muito bem feitinhos, com capricho e atenção. Neste caso, a soma dos fatores altera, e muito, o produto. Cada um precisa estar no ponto certo para evitar que a torta descambe para um ensopado de peixe no leite com purê por cima. E ela é tudo menos isso.

questões de forno e fogão

Bolo mágico de morangos e iogurte

A receita de hoje é muito, muito, muito delicada. Os ingredientes principais são deliciosos ao natural e o gosto da massa crua é um perigo de tão gostoso. Isso se revelou uma grande vantagem, pois quase na reta final o querido forno indomável nos apresentou um dilema: bolo assado e intragável ou meio cru, mas suportável. Ficamos com a opção meio cru e para nossa surpresa e alívio, o bolo é muito bom (e por isso mágico) até quando dá completamente errado. Imaginem que receita original recomendava assar por 1 hora em forno moderado! Qualquer coisa que passe 1 hora no nosso forno (que só tem as regulagens apagado e infernalmente quente) se estorrica em cinzas. Vamos repetir a receita e assar em um forno emprestado, só para saber qual é o gosto do bolo quando feito conforme planejado. Aguardem notícias.

questões de forno e fogão

Pudim de emergência

A receita de pudim da Raquel, nossa editora de sobremesas, é um verdadeiro salva-vidas. Fica pronta em um instante, mas ninguém diz que a coisa foi tão rápida, o pudim fica lindo. Até o momento não ficou claro para a Cozinha Transcendental se a receita é ou não uma criação da Raquel e não pudemos apurar, pois assim que o pudim ficou pronto, a reportagem atacou. Ficamos todos de boca cheia e todo mundo sabe que é muito feio falar de boca cheia. Conclusão, a autoria do pudim permaneceu envolta em mistério.

questões de forno e fogão

Biscoitinhos que vieram de longe

A Cozinha Transcendental poderia até dizer que a receita de hoje foi inspirada pela recente atividade do Bardarbunga, um dos muitos vulcões islandeses, mas na verdade ela já estava conosco bem antes da primeira chacoalhada no Hemisfério Norte. Ganhamos de presente do chef Ausi, senhor de uma cozinha que, como a nossa, fica em uma Redação que lembra a da piauí, onde todos almoçam juntos.

questões de forno e fogão

Fish and Chips - a receita

Tinha razão quem reclamou a falta da receita no post sobre Fish and Chips; nós aqui também acharíamos meio pedante falar de uma comida sem ensinar a fazer. A intenção era boa, sugerir um endreço de Fish and Chips infalível. Para quem gosta, é uma indicação preciosa.

Pois bem; tentamos conseguir do lugar a receita em proporções domésticas, mas não funcionou. Conseguimos uma recomendação entusiasmada de uma receita que vamos reproduzir abaixo.

questões de forno e fogão

Vamos passear?

Esta e nossas próximas conversas serão sobre comidas e lugares londrinos. Para começar, vamos falar de Fish and Chips, uma maravilha. Até o final do século passado era muito fácil encontrar um bom (e o péssimo também) fish and chips. Era um fast-food muito comum, refeição de trabalhador e estudante sem dinheiro. O freguês encharcava o conteúdo do cone feito de jornal com sal e vinagre de malte e ia comer em algum banco de rua. Pessoas da classe média jamais seriam vistas comendo fritura, muito menos embrulhada em jornal. Agora que as tea shops foram substituídas por Starbucks, 'chai' e capuccino, as tortas tradicionais por panini, comer fish and chips ficou cool. Virou programa. O duro é encontrar um lugar em que a comida seja melhor do que o design da loja.

questões de forno e fogão

Bolo da Flora

Este bolo maravilhoso foi preparado na Cozinha Transcendental pela Flora, o elemento ruivo de ar pré-rafaelita da redação da piauí. Flora conta que nos tempos de faculdade costumava terminar e entregar os trabalhos bem antes de todos, então fazia esse bolo para adoçar os colegas e evitar que sua eficiência atraísse antipatias. O bolo é tão maravilhoso que nossa suspeita forte é que os colegas se atrasavam de propósito para terminar os trabalhos, só para ganhar o agrado. Como é um doce que comprovadamente acaba com sentimentos ruins, serve lindamente para acompanhar os jogos da Copa do Mundo.

questões de forno e fogão

Molho de iogurte e pepino

Já comentamos aqui sobre um poltergeist que agia nos armários da Cozinha Transcendental e mudava tudo de lugar. Achar um vidro de canela, por exemplo, requeria abrir todos as portas de todos os armários, numa busca maluca, e revirar tudo. Pois bem, parece que o poltergeist agora resolveu se dedicar ao nosso blog. Há dias, procuramos a receita do molho de iogurte com pepino, que fazemos para acompanhar os pratos um pouco mais condimentados, e ninguém consegue achar. Incrível como é dificil achar receitas em nosso tão idiossincrático blog! 

questões de forno e fogão

Patê de legumes

Fizemos esta receita para o lanche no fechamento passado e ficou muito boa, agradou. É simples, não é cara e rende bastante. É ótima para final de fechamento, quando a fome vem em ondas e muitas vezes. O ideal é ter bastante pão de forma de centeio ou de trigo integral em acervo, para acompanhar o patê.