The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Falsa grávida abrigava candidatos tucanos

18jan2012_18h48

TAUBATÉ – Investigações policiais reuniram evidências de que a professora Maria Verônica, a falsa grávida de Taubaté, escondia na barriga, sob seu longo vestido, os quatro pré-candidatos tucanos à prefeitura de São Paulo – e não os quadrigêmeos que anunciara.

Segundo apurou o i-Herald, Bruno Covas, Andrea Matarazzo, José Anibal e Ricardo Tripoli estavam ali para crescer e ficar fortes. Tinham a intenção de sair da barriga irmanados, prontos para enfrentar a vida sob o sol, numa demonstração de que o partido continua unido pelos mesmos ideais.

O DOE (Departamento de Ocorrências Esquisitas da Polícia Civil) desconfiou da aparência da barriga da gestante, muito empinada para o alto, o que está sendo atribuído à posição do neto de Mario Covas, apelidado afetuosamente pelos colegas de Cabeção.

Deputados ligados ao PT aspergiram dúvidas sobre a versão. Em dossiê vazado para a revista Carta Capital, sustentaram que a barriga de Maria Verônica estaria sendo usada como incubadora neoliberal de tucanos privatistas, os quais já teriam vendido pelo menos uma trompa de Falópio e dois ovários a um grupo do Kazaquistão.



A polícia investiga também a veracidade de gravações ligadas ao caso que podem comprometer o futuro de uma eventual candidatura de José Serra. Segundo dados preliminares, o seguinte diálogo telefônico teria sido travado entre ele e FHC, o que ambos negam:

FHC – Está se recusando a ir para a barriga, candidato?

Serra – Não estou indo porque o carro em que estou ficou parado no trânsito.

FHC – Vá para a barriga, é uma ordem. Declararam abandono do partido, e agora quem comanda sou eu. Vá para lá, fui claro?

Serra – Quantos candidatos já estão lá?

FHC – Não sei, você é que tem que me dizer, Cristo! Vá para a barriga agora, VÁ! E me diga quantos candidatos estão lá!

Depois disso a ligação cai.

João Dória Jr., que ameaçou se juntar ao grupo para disputar a indicação do PSDB, foi demovido da ideia. Apesar de sua alta aceitação na zona leste, atestada em pesquisa com usuários do metrô que liga a Praça da Sé a Itaquera, o multiempresário, dublê de apresentador e promotor de concursos, foi aconselhado a não abandonar suas atividades profissionais, que tanto contribuem para o prestígio do partido. Os concursos do bebê mais bem vestido e do cachorro que melhor late em francês, anualmente patrocinados por ele em Campos do Jordão, foram citados como iniciativas exemplares da sensibilidade social que os tucanos devem perseguir. Comovida, uma frequentadora do Emiliano assegurou que Doria Jr é  "um homem que trabalha muito, compete honestamente, orgulha-se de gerar empregos e não se envergonha da riqueza".

Mesmo contrariado, Doria Jr. deixou a disputa. Despediu-se enxugando a testa com o lencinho: "Cansei".

Com Dória Jr. fora e Serra parado no trânsito, Andrea Matarazzo e Bruno Covas estão confiantes na força de seus sobrenomes. "Acredito que São Paulo já está madura para ser governada por um conde", declarou o sobrinho de Ciccillo. Em franca desvantagem, José Aníbal já consultou seus advogados. Pretende agregar ao nome um complemento que o torne competitivo. O mais cotado até o momento é José Aníbal Guedes Penteado.

O i-Herald procurou Serra. Sua assessoria informou que ele continua parado no trânsito.

Leia também

UNESCO declara PSDB bem imaterial de Higienópolis

PSDB lança Ave Maria Tucana

Fluminense tira Aécio do PSDB

Serra sorteia Aécio no Amigo Oculto

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.