Encontrado brasileiro que não fez piada com Papa argentino

15mar2013_15h47

ESPÍRITO SANTO – Membros da ONG Patrulheiros do Humor anunciaram a descoberta de um cidadão brasileiro que ainda não fez piada com o Papa argentino."Vasculhamos movimentos sociais politicamente corretos, testemunhas de Jeová, passamos uma lupa no blog de Romualdo Azedo, conversamos com Muricy Ramalho, Barbara Heliodora e Paulo Betti. Foi em vão. Todos haviam feito alguma troça envolvendo Maradona, Messi, tango, Evita, alfajores, Cristina Kirchner, vinhos ou a arrogância portenha", lamentou o coordenador da ONG, Bráulio Brochado.

Inspirados pela epidemia de gracejos, dezenas de trabalhos acadêmicos começaram a pipocar no departamento de sociologia da USP. Yo Soy Usted Ayer: uma alegoria da galhofa e O Riso Sagrado – uma visão semiótica foram os mais destacados. A defesa de uma tese de doutorado foi interrompida por cinco integrantes do Femen, que se vestiram de Whoopi Golbgerg para chamar atenção para as minorias que não acham qualquer graça na jocosidade entre brasileiros e argentinos.

A busca durou até o final da tarde, quando um membro da ONG cruzou com José Serra estacionando o carro em Higienópolis. Ao ser questionado sobre a onda de humor envolvendo o novo pontífice, Serra franziu a testa e perguntou: "Ué, mudou?".

Leia também

Padre Marcelo Rossi vira evangélico

Patrícia Poeta nega ser pé-frio

"De brasileirum est mais gostosum", diz novo papa

Vaticano terá Ficha Limpa em próximo conclave

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.