Crivella contrata Dr. Bumbum para atender população não evangélica

17jul2018_17h23
Fontes afirmam que existe a possibilidade de mudanças na secretaria de Esportes, que estaria cotada para ser assumida pelo goleiro Muralha ou por Jorge Sampaoli, técnico da seleção argentina.
Fontes afirmam que existe a possibilidade de mudanças na secretaria de Esportes, que estaria cotada para ser assumida pelo goleiro Muralha ou por Jorge Sampaoli, técnico da seleção argentina.

CLÍNICA DA FAMÍLIA JOSEF MENGELE  – “Isso é para calar a voz dos que me acusam de favorecer apenas os evangélicos”, explicou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante encontro secreto, aberto à imprensa, realizado na manhã desta terça-feira. A reunião serviu para que Crivella anunciasse o nome do médico responsável por cuidar de uma parcela da população que não está ligada à Igreja Universal – e que portanto não tem acesso à Márcia. “Eu nem sabia que esse tipo de gente existia”, explicou, impressionado. “Mas agora eles também podem ganhar cirurgia de catarata. E de nádegas. É só falar com o Dr. Bumbum.”

Crivella também aproveitou a coletiva para anunciar o restante da equipe chefiada pelo Dr. Bumbum. “A terceira idade vai ser coordenada pela Luana Piovani, que faz um trabalho muito delicado cuidando das pessoas nas redes sociais. Já a parte de reprodução vai ficar com um médico de São Paulo chamado Abdelmassih. Isso mostra que a minha prefeitura não faz pré-julgamento. Tem até funcionário de nome árabe.”

Fontes afirmam que a aposta do prefeito do Rio pode impactar sua base evangélica, com a ex-vice Miss Bumbum e atual fiel da Igreja Universal do Reino de Deus, Andressa Urach, capitaneando um movimento de contestação à indicação de Crivella. Urach estaria buscando o diálogo, mas críticos afirmam que sua estratégia consiste em se casar com o Dr. Bumbum para que passe a se chamar ex-vice miss bumbum Bumbum. Procurada pela reportagem, Urach afirmou: “Sim, nós temos muito em comum, mas se vamos ficar juntos só o tempo e o sistema judiciário dirão”. O Dr. Bumbum também foi procurado pela reportagem (e pela polícia), mas ainda não foi encontrado.