Bolsonaro sugere fazer Coaf dia sim, dia não em defesa de Flavio

09ago2019_17h16
O dentista de Bolsonaro afirmou que a mudança no hábito fecal era uma sugestão pessoal em relação aos discursos do presidente, não à política pública do país
O dentista de Bolsonaro afirmou que a mudança no hábito fecal era uma sugestão pessoal em relação aos discursos do presidente, não à política pública do país
ESGOTO – “No tocante ao Coaf, a gente vai transferir para o BC, Banheiro Central, e fim de papo tá OK?”, disse o presidente Jair Bolsonaro em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira. “Assim a gente preserva o meio ambiente e diminui o aquecimento global, que tava derretendo o mandato do Zero Um no Senado.” Em seguida, Bolsonaro referiu-se ao filho Flavio mais uma vez para explicar o novo funcionamento do Coaf.
“O Flavio, por exemplo, só faz Coaf em 48 prestações”, explicou Bolsonaro. “É uma coisa ultra civilizada, que não entope a conta bancária, e que, com a ajuda do ministro Dias Toffoli, não causa prisão de ventre. Já o Zero Dois é menos contido nesse assunto, mas também, o cara chama Zero Dois”, disse o presidente.
Em resposta à afirmação do pai, o filho Zero Dois, Carlos Bolsonaro, emitiu mais um tuíte misterioso e, ao que parece, indignado: “Para uns filé mignon, para outros boia salva-vidas, para outros banana. Assim caminha a humanidade? Humanos?! Ou meros fantoches inescrupulosos nas mãos da grande mídia? Abraços de tamanduá, lágrima de crocodilo, sorriso de cobra! Brasil!”.
Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.