Eike assume time do Palmeiras

05mar2013_16h07

MARINA DA GLÓRIA – Após cair 93 posições e ser rebaixado na lista da revista Forbes, Eike Batista anunciou que assumirá o comando do Palmeiras. "Sou hábil em criar sinergias. Eu e o Verdão voltaremos à primeira divisão", declarou, enquanto seduzia o BNDES a estampar sua marca na axila da camisa alvi-verde por R$ 30 bilhões ao ano.

Persuasivo, o empresário convenceu os dirigentes a transferir o clube para o Rio de Janeiro. Minutos depois, conseguiu uma licença da prefeitura para construir um estádio e um centro de treinamentos no Aterro do Flamengo. "No futebol carioca a concorrência é menor e não temos que encarar grandes forças, como o Penapolense e o Linense", explicou.

No final da tarde, Eike negou que seu filho Thor Batista será escalado no ataque. "Ele tem um estilo trombador, daqueles que arranca e atropela o zagueiro. Mas acredito que, com esse perfil destemido, seguirá os passos do pai e será mais eficiente como dono do time", disse, meditativo, enquanto fitava a enseada de Botafogo da janela.

Leia também

Eike tem crediário recusado na Ricardo Eletro

Documentário filipino tem mais ingressos vendidos que semifinais do Campeonato Carioca

Eike Batista anuncia fusão com Mulheres Ricas

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.