Departamento de apelidos da Odebrecht exportará tecnologia

13dez2016_16h38

QUARTO DA BAGUNÇA – A capacidade produtiva do departamento de apelidos da Odebrecht chamou atenção do mercado internacional. “Eles produzem codinomes com eficiência alemã e produtividade chinesa! Um fenômeno!”, exclamou George Soros, que foi imediatamente apelidado de Sorine. Investidores estrangeiros vieram ao Brasil para conhecer de perto a tecnologia de ponta da empreiteira. “O departamento de apelidos tem potencial para reerguer o império de Emílio Odebrecht”, vaticinou Miriam Leitão (aka Penteado).

O Globo Repórter desta sexta-feira explicará de onde vem, para onde vão e como surgem os apelidos. “E ainda traremos a incrível história de Dona Catifunda, uma sexagenária de Caetés muito da sapeca que inspirou as alcunhas mais espirituosas”, empolgou-se Sérgio Chapelin (Eterno). Na reportagem, o departamento de propinas é revelado em toda sua complexidade. “As ideias surgem nesta sala com escorrega, piscina de bolinhas, pula-pula e videogame. Aqui formamos nossos próprios talentos”, destacou o gerente Beiçola. “Em seguida, as ideias são submetidas à gerência, que se reúne no Bar do Seu Paçoca”, concluiu.

No final da tarde, o Datafolha divulgou uma nova pesquisa que mostra que “Todo Feio” lidera eleição de melhor apelido da Odebrecht. Em segundo lugar, empatados, estão “Boca Mole” e “Misericórdia”.

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.